TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

Geral

Ah!... Bella Donna, o que trazes para mim?

Quem sabe não venha me encontrar e muito menos esteja de cetim

Tarso Vigil - Filosofia de Bar
Por Tarso Vigil - Filosofia de Bar
Ah!... Bella Donna, o que trazes para mim?
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Bella donna

Ah!... Bella Donna, o que trazes para mim? Quem sabe não venha me encontrar e muito menos esteja de cetim, talvez esperar por outros seja o mais conveniente, pelo menos é o que parece para mim, tudo bem, pode ser que isso seja um tanto quanto egoísta, um egoísmo trajado aos moldes da autopiedade- [A complacência mora longe daqui].

Então diga o que veio fazer? Seja em qualquer meandro, há uma certa resistência em aceitá-la, compreendê-la, ou até mesmo em amá-la, até porque não somos “eternos” ou “deviantes” ou ainda, um “titã louco”, a fim de desposá-la, pois aos seus olhos ela é uma mulher bonita. Poderíamos ser imunes a tal preceito, mas isso iria requerer aspectos divinos ou até mesmo um gene “X” de um certo carcaju.

Leia Também:

Por que tanto temor e dificuldade? Talvez a saudade de quem já fez ou obviamente fará a passagem, seja a parte mais aterradora e conflitante, mais densa, mais sombria, impossibilitando qualquer diálogo. Um tema em que determinadas fontes de entretenimento [Nossa, que vontade de dizer “intertentimento”, mas então vou ser obrigado a também dizer “Dupiludigran”- Piadas paralelas].

Certo, voltando ao pensamento, tais fontes tratam de maneira tão trivial e corriqueira, mas para nós parece ser o último abismo. Pode ser que não tenha ficado tão claro, mas a ideia até aqui é fazer uma pequena e singela reflexão sobre uma possibilidade que inevitavelmente ocorrerá. Contudo, abordamos de maneira que o teor deste texto não fique tão pesado- Seria esta uma forma de dialogar sobre o assunto? Tudo bem, mas e quando ela chegar? Qual gosto ela terá?

Nesse momento alguém pode ter pensado em um sabor lupulado de moderado a alto, de caráter cítrico com uma maltosidade de baixa para moderada, com um visual dourado pálido e indo até mesmo para uma coloração âmbar-profundo e límpida e com um pequeno toque de alguns maltes especiais, tais como: Château cara ruby, Château munich à base de um Château PA, e apresentando ainda algumas características específicas e valores médios, tais como: IBU de 30, SRM de 10, OG de 1053 e FG de 1010 [Se vier com este gosto será bom].

Depois de tantas linhas de fugas e conversas paralelas, e eu realmente acredito que nossa conversa possibilita diferentes conexões, mas, depois de tudo isso, será que sobrou espaço para mais uma conexão neste rizoma infindável? Qualquer coisa pode ser uma piada interna, que poderíamos encaixar lá naquela parte, onde eu falo sobre piadas paralelas... não? Mas o que você diria se eu lhe dissesse “reintegro”? 

.

Veiculação de conteúdo: Guaíba Online não responde ou emite juízo de valor sobre a opinião de seus colunistas. Os colaboradores são autores independentes convidados pelo portal. As visões de colunistas podem não refletir necessariamente as mesmas da plataforma Guaíba Online.

Comentários:
Tarso Vigil - Filosofia de Bar

Publicado por:

Tarso Vigil - Filosofia de Bar

Saiba Mais