Guaíba Online

MENU
Logo
Quinta, 15 de abril de 2021

💉 Coronavírus

Com 645 mil vacinas, RS recebe nesta sexta (2) o maior lote desde o início da vacinação contra coronavírus

Doses serão destinadas a completar o esquema vacinal da segunda dose da CoronaVac, além de ampliar a vacinação nos grupos de risco

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para Feedback/h5>
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Secretaria da Saúde (SES) recebe e distribui nesta sexta-feira (2) lote com 645.150 doses de vacinas contra o coronavírus. É a maior remessa que o Rio Grande do Sul recebe desde o início da vacinação, na segunda quinzena de janeiro. Com mais essa quantidade, serão cerca de 2,8 milhões de doses distribuídas ao Estado.

..

A chegada a Porto Alegre está prevista para as 6h05 desta sexta (2), em avião da companhia aérea Azul. A carga é composta por 600,4 mil doses da CoronaVac (Butantan) e 44.750 da Oxford/AstraZeneca (Fiocruz).

As doses serão destinadas a pessoas que precisam completar o esquema vacinal da segunda dose da CoronaVac (28 dias após a primeira aplicação), além de possibilitar a ampliação da parcela dos idosos acima dos 67 anos, profissionais da saúde e trabalhadores da segurança. A definição detalhada dos grupos ocorre nesta quinta-feira (1º) em reunião da SES com a representação das secretarias municipais de Saúde na Comissão Intergestores Bipartite.

Até esta quinta (1º), o Rio Grande do Sul já registrou cerca de 1,5 milhão de doses aplicadas, com 1,1 milhão de pessoas que receberam a primeira dose, sendo que 300 mil já completaram o esquema com a segunda dose.

.

Atendimento durante o feriado

A SES pede aos municípios para acelerar a campanha de vacinação contra a Covid-19 em suas populações, orientando para que mantenham os serviços no feriado de Páscoa. “Vacina não pode ficar parada, precisa estar no braço dos gaúchos. Que o presente de Páscoa dos idosos de 67 anos ou mais seja a imunização”, disse a diretora do Departamento de Atenção Primária e Políticas de Saúde, Ana Costa.

Para fortalecer a campanha de vacinação nos municípios, a SES recomenda, por exemplo, horário estendido de funcionamento das salas de vacina, abertura no feriado e finais de semana, articulação com universidades e outras secretarias municipais, drive-thrus, equipes itinerantes e outras estratégias.

 



.
.
.
..

Fonte/Créditos: Ascom SES/Secom RS

Créditos (Imagem de capa): Divulgação Instituto Butantan

Comentários: