Guaíba Online

Edital para empresas interessadas em construir penitenciária de Guaíba é aberto

Modelo utilizado será de permuta, onde estado trocará o serviço por imóveis

Foto: Seapen / Susepe

O edital nº 0038/2020 foi lançado em busca de empresas interessadas em uma permuta de imóveis por área construída, com objetivo de executar a obra de recuperação e conclusão da Penitenciária Estadual de Guaíba. A abertura de envelopes vai acontecer no dia 10 de junho. O prazo de execução da obra é de 12 meses, a partir da autorização de início.

Leia mais do Guaíba Online:

- Com 244 mil, Brasil passa Reino Unido e se torna o quarto país com mais casos de coronavírus no mundo
- Pré-Enem Seduc RS começa nesta segunda, com exibição diária na TVE


A reforma e ampliação devem gerar mais 672 novas vagas e estão orçadas em R$ 18,7 milhões, segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (Sepaen) e a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). O governo do Rio Grande do Sul ofereceu aproximadamente R$ 25 milhões em terrenos e outros imóveis. A mesma modalidade de permuta já permitiu a realização de obras como por exemplo a Penitenciária Estadual de Porto Alegre, entregue em 2018, e a Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves, inaugurada em 2019 e ainda a Penitenciária de Sapucaia do Sul, que deve ser ocupada até a metade deste ano.

 

 

 

 

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Edital para empresas interessadas em construir penitenciária de Guaíba é aberto

O edital nº 0038/2020 foi lançado em busca de empresas interessadas em uma permuta de imóveis por área construída, com objetivo de executar a obra de recuperação e conclusão da Penitenciária Estadual de Guaíba. A abertura de envelopes vai acontecer no dia 10 de junho. O prazo de execução da obra é de 12 meses, a partir da autorização de início.

Leia mais do Guaíba Online:

- Com 244 mil, Brasil passa Reino Unido e se torna o quarto país com mais casos de coronavírus no mundo
- Pré-Enem Seduc RS começa nesta segunda, com exibição diária na TVE


A reforma e ampliação devem gerar mais 672 novas vagas e estão orçadas em R$ 18,7 milhões, segundo a Secretaria da Administração Penitenciária (Sepaen) e a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). O governo do Rio Grande do Sul ofereceu aproximadamente R$ 25 milhões em terrenos e outros imóveis. A mesma modalidade de permuta já permitiu a realização de obras como por exemplo a Penitenciária Estadual de Porto Alegre, entregue em 2018, e a Penitenciária Estadual de Bento Gonçalves, inaugurada em 2019 e ainda a Penitenciária de Sapucaia do Sul, que deve ser ocupada até a metade deste ano.