TVGO | Guaíba Online

Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

📚 Educação

Escolas de Guaíba trocam o desfile da pátria por horas cívicas

Tradicional desfile de 7 de setembro não acontece há três anos

Pedro Molnar
Por Pedro Molnar
Escolas de Guaíba trocam o desfile da pátria por horas cívicas
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Desde 2016 Guaíba não realiza o desfile cívico no feriado de 7 de setembro, Dia da Independência. Em compensação, professores da rede municipal estão realizando horas de respeito à Pátria nas escolas, com as crianças e adolescentes. 

De acordo com a secretária, Virginia Guimarães, em reunião com os diretores das escolas municipais surgiu o desejo de realizarmos os momentos nos colégios. É exercido ao longo do ano, intensificando na semana da Pátria, sendo convidada toda a comunidade para vivenciar dentro das escolas estas oportunidades. Para ela, é entendido que diariamente o respeito aos nossos símbolos deve ser trabalhado: "espírito cívico e respeito à Pátria não se desenvolve somente em desfile". 

Na escola de Educação Infantil Vovó Flor, no Engenho, os alunos são instigados a realizar atividades diferenciadas de modo a estimular o civismo, juntamente com criatividade e autonomia. De acordo com a diretora, Jaqueline Oliveira, as crianças realizam pinturas, trabalham o folclore brasileiro, os símbolos da Pátria, o Hino Nacional Brasileiro e entre outras atividades que estimulem o pensamento crítico e os valores sociais. "A nossa escola acredita que os atos de civismo devem ser trabalhados ao longo do ano, expressados no dia a dia de cada sala de aula, em atitudes cooperativas, solidárias, de empatia e de respeito às diferenças", diz. 

Leia Também:

A professora ainda destaca que a Semana da Pátria, assim como a Semana Farroupilha, aniversário do município e outros momentos e comemorações são oportunidades para conhecer a cultura dos povos. A escola busca pelo autoconhecimento, os valores e tradições, o respeito pela diversidade e a busca pelas identidades sócio culturais. Para ela, os símbolos da Pátria são muito importantes: "em uma Educação Infantil é fundamental conhecer eles de modo significativo, com afetividade, emoções e respeito ao próximo".

 

Comentários: