Guaíba Online

MENU
Logo
Quinta, 22 de abril de 2021

💉 Coronavírus

Forças de segurança e idosos de 65 anos serão os próximos a serem vacinados

A novidade desta fase da campanha de vacinação é a antecipação do grupo prioritário de forças de segurança e salvamento

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para Feedback/h5>
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com chegada e distribuição programada para sexta-feira (2) de 645.150 doses de vacina contra a Covid, essa nova remessa servirá para ampliar a vacinação de idosos e contemplar um novo grupo, o das forças de segurança. Parte ainda será reservada para segunda dose.

..

“Urge que essas vacinas sejam aplicadas”, disse a secretária da Saúde, Arita Bergmann, ressaltando a importância dos municípios vacinarem durante o feriado da Sexta-feira Santa (2/4) e no fim de semana. “O presente de Páscoa dos vovôs neste ano deve ser a vacina no braço. Para isso, esperamos que os municípios deem continuidade à campanha”, acrescentou.

O lote será destinado a idosos de 65 anos, também para completar a primeira aplicação dos idosos de 66 anos ou mais, forças de segurança e para segunda aplicação de pessoas imunizadas com a CoronaVac recebida dias 9 e 17 de março, e da Oxford/AstraZeneca recebida em 24 de janeiro.

Vacinação interior2
Novo lote começará a ser distribuído para CRS na própria sexta-feira (2/4), para acelerar andamento da vacinação - Foto: Divulgação SES

A decisão dos grupos-alvo a serem vacinados com esta remessa foi tomada por gestores estaduais e municipais de saúde, com participação do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do Rio Grande do Sul (Cosems-RS), equipe diretiva da Secretaria da Saúde (SES) e o vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, nesta quinta-feira (1/4).

.

Forças de segurança e salvamento

A novidade desta fase da campanha de vacinação é a antecipação do grupo prioritário de forças de segurança e salvamento. Poderão ser vacinados servidores diretamente envolvidos nas ações do enfrentamento à Covid-19, que estejam atuando em funções específicas de apoio às ações da pandemia.

São os trabalhadores que fazem atendimento ou transporte de pacientes, resgate e atendimento pré-hospitalar, ações de vacinação e vigilância das medidas de distanciamento social. Os demais trabalhadores desse grupo serão vacinados seguindo o atual ordenamento do Plano Nacional de Imunizações (PNI).

.

Entraram neste grupo 29 mil trabalhadores da Polícia Civil, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros Militar, Polícia Rodoviária Federal, guardas municipais e Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe). Em próxima fase, deverão ser contemplados servidores do Departamento Estadual de Trânsito (DetranRS) e do Instituto-Geral de Perícias (IGP). O vice-governador Ranolfo ressaltou que “esses trabalhadores estão auxiliando no combate à pandemia, e a inclusão vai beneficiar quem está efetivamente trabalhando diretamente com pacientes Covid”.

Públicos-alvo a serem vacinados nos próximos dias no RS:

•  Reserva para segunda dose de 100% do público que se vacinou com CoronaVac que chegou ao Estado em 9 de março;
•  Reserva para segunda dose de 63% do público que se vacinou com o lote de CoronaVac que chegou ao Estado em 17 de março (considerando a previsão de chegada de mais vacinas na próxima semana para fechar 100%);
•  Reserva para segunda dose de 100% do público que se vacinou com o lote de Oxford/AstraZeneca que chegou ao Estado em 24 de janeiro;
•  Completar a vacinação de idosos de 66 anos ou mais ainda não imunizados com a primeira dose;
•  Iniciar a vacinação de idosos de 65 anos;
•  Forças de segurança e salvamento.

.

Foram entregues aos municípios gaúchos, até esta quinta-feira (1/4), vacinas suficientes para vacinar os seguinte públicos:

•  100% dos idosos institucionalizados;
•  100% pessoas com deficiência institucionalizados;
•  100% dos profissionais de saúde;
•  100% dos povos indígenas;
•  100% dos povos e comunidades tradicionais quilombolas;
• 100% dos idosos de 70 anos ou mais;
•  60% dos idosos com idade entre 65 e 69 anos.

Operação especial de distribuição durante o feriado

Para garantir que as doses da nova remessa de vacinas contra a Covid-19 estejam disponíveis nas coordenadorias regionais de saúde (CRS) ainda durante o feriado da Sexta-feira Santa (2/4), a SES realizará uma operação especial de distribuição das 645.150 doses de CoronaVac e AstraZeneca assim que chegarem ao Estado. Dando ainda mais agilidade às ações que vêm sendo realizadas para distribuir as vacinas por todo o território gaúcho, a carga deverá estar devidamente separada e entregue na mesma manhã.

.
.

Por via aérea, serão entregues as doses correspondentes das 4ª CRS (Santa Maria), 5ª (Caxias) e 10ª (Alegrete), por meio de helicópteros da Brigada Militar e da Polícia Civil. As demais serão realizadas por via terrestre. Alguns dos municípios próximos da capital poderão buscar suas vacinas diretamente na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), em Porto Alegre.

O que diz o SINPRF

Veja nota postada pelo Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais no Rio Grande do Sul (Sinprf) na íntegra

Após intensa luta do sistema sindical da PRF, das demais entidades que representam os trabalhadores da segurança pública e da Superintendência Regional da PRF solicitando a imediata vacinação dos policiais, o ministério da saúde emitiu nota técnica alterando o programa nacional de imunização ( PNI ). Com esta alteração os estados e municípios estarão autorizados a iniciar a vacinação dos Policiais.Segundo o ministério da saúde, na próxima distribuição de vacinas aos estados e Distrito Federal, prevista para esta quinta-feira (01/04), será antecipado o envio de doses, de maneira escalonada e proporcional, exclusivamente para a vacinação dos agentes de segurança pública. O estado do Rio Grande do Sul, ainda não divulgou a data oficial de início da vacinação, porém a mesma poderá começar já neste próximo final de semana. A vacinação trará maior tranquilidade aos Policiais Rodoviários Federais que mantiveram os serviços à sociedade , mesmo durante a pandemia que vem ceifando milhares de vidas. O SINPRF/RS agradece o esforço da Superintendência da PRF no RS, fundamental na obtenção desta vitória. Agradecemos, também, aos PRFs aposentados, pensionistas e familiares que vacinaram-se segurando o cartaz "Vacinem nossos Policiais!" Seguimos buscando melhores condições de trabalho e a justa valorização da categoria.
Diretoria do SINPRF/RS

.

 

Fonte/Créditos: Marilia Bissigo/Ascom SES

Créditos (Imagem de capa): Divulgação Sinprf

Comentários: