Guaíba Online

MENU
Logo
Segunda, 30 de novembro de 2020

Cultura e Arte

Prêmio Minuano de Literatura 2020 anuncia vencedores na próxima semana

Premiação é parte da programação da 66ª Feira do Livro de Porto Alegre, que neste ano é totalmente on-line

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para Feedback/h5>
Máximo 600 caracteres.
enviando

O Instituto Estadual do Livro (IEL), instituição da Secretaria da Cultura (Sedac), anunciará os vencedores do Prêmio Minuano de Literatura 2020 no dia 6 de novembro. A premiação é parte da programação da 66ª Feira do Livro de Porto Alegre, que neste ano é totalmente on-line. A divulgação ocorrerá por vídeo no canal do IEL no Youtube e na página no Facebook, a partir das 19h. Junto ao anúncio haverá uma homenagem ao patrono do Minuano em 2020, o escritor Sergio Faraco.

 

Parceria entre o IEL e o Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o Prêmio Minuano de Literatura busca reconhecer e ressaltar a produção literária do Estado. O objetivo é contribuir com a divulgação das obras gaúchas, além de incentivar a leitura e a produção escrita.

Em sua terceira edição, a premiação avaliou obras publicadas durante o ano de 2019. Os 24 finalistas concorrem em oito categorias: infantil, juvenil, poesia, conto, crônica, ficção: romance/novela, ilustração e especial.

O patrono

Sergio Faraco é contista, cronista, tradutor e ensaísta, nascido em Alegrete, em 1940. Após uma temporada no exterior, voltou ao Brasil em 1965, quando foi preso durante a ditadura militar (1964-1985). Em 1970 publica Idolatria, seu primeiro livro de contos. O Chafariz dos Turcos, o primeiro livro de crônicas, foi lançado em 1990. Dançar Tango em Porto Alegre foi premiado pela Academia Brasileira de Letras em 1999 e, em 2014, entrou na lista de leituras obrigatórias para o vestibular da UFRGS.

 

FINALISTAS

Infantil

• Turma da goiaba, de Anderson LadoBeco, editora AVEC
• Ora bolas, de Paula Taitelbaum, editora Piu
• Comadre onça – Contos brasileiros, de Eleonora Medeiros, editora Viapampa

Juvenil

• O mapa da República, de Susana Vernieri, editora Libretos
• Enfim, capivaras, de Luisa Geisler, editora Seguinte
• Piratas à vista!, de Samir Machado de Machado, editora FTD

Poesia

• Fabulário, de Ana Santos, editora Confraria do Vento
• Corpo continente, de Lorena Martins, editora 7 Letras
• Mar lírico, de Marlon Pires Ramos, editora Après Coup – Escola de Poesia

Conto

• Domanda Nísio, de Emir Rossoni, editora Telucazu
• Sombrio ermo turvo, de Veronica Stigger, editora Todavia
• Prosa pequena, de Amilcar Bettega, editora Zouk

Crônica

• O homem infelizmente tem que acabar, de Clara Corleone, editora Zouk
• Bula para uma vida inadequada, de Yuri Al'Hanati, editora Dublinense
• A inveja nossa de cada dia e outras reflexões crônicas, de Marta Leiria, editora Metamorfose

Ficção: romance/novela

• Os donos do inverno, de Altair Martins, editora Não Editora
• Controle, de Natalia Borges Polesso, editora Companhia das Letras
• Mônica vai jantar, de Davi Boaventura, editora Não Editora

Ilustração

• Zeca Bum – Chaminé não é vulcão, de Rodrigo dMart , ilustrações de Rodrigo dMart, editora Imagina Conteúdo Criativo
• Bichos e lendas do nosso Brasil, de Rosana Rios, ilustrações de Maurício Negro, editora Edelbra
• Tarraveta!, de Carla Pilla, ilustrações de Carla Pilla, editora Independente

Especial

• O novo conservadorismo brasileiro, de Marina Basso Lacerda, editora Zouk
• Lenir de Miranda: pintura périplo, de Icleia Borsa Cattani e Paula Ramos, editora da UFRGS
• Teixeirinha: coração do Brasil, de Daniel Feix, editora Diadorim

 

Fonte/Créditos: Ascom Sedac

Comentários: