Guaíba Online

MENU
Logo
Sábado, 25 de junho de 2022

📚 Educação

Rio Grande do Sul registra maior índice de acesso à plataforma de ensino remoto Google For Education no país

Estado foi o único que optou por utilizar exclusivamente a plataforma

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para Feedback/h5>
Máximo 600 caracteres.
enviando

O governador Eduardo Leite se reuniu, por videoconferência, nesta terça-feira (09), com a equipe do Google for Education, que apresentou um balanço do uso da plataforma pelo Rio Grande do Sul em 2020. De acordo com os dados da plataforma, o RS conseguiu que 82,86% dos alunos da rede pública tivessem acesso ao Google for Education. É o maior índice entre os 26 Estados e o Distrito Federal.

"A digitalização do ensino é um processo cheio de desafios, e a pandemia acelerou essa necessidade, especialmente devido a esse abismo social que vivemos. Era necessário levar o acesso às nossas crianças e jovens, e mesmo aos professores, tanto que precisamos adquirir computadores também para os educadores", disse Leite.

O diretor para América Latina do Google for Education, Daniel Cleffi, o diretor do Google for Education Brasil, Alexandre Campos Silva, o diretor de relações governamentais do Google Brasil, Marcelo Lacerda, e a líder do setor público e programas do Google for Education Brasil, Marici Marchini, lembraram que o RS foi o único Estado que optou por utilizar exclusivamente a plataforma. Os demais Estados optaram por sistemas híbridos, que envolviam, além da plataforma, programas de televisão, entre outros.

“O ensino híbrido fica como legado e política pública, mesmo após a pandemia”, destacou o diretor Alexandre Campos. O governador determinou que as equipes das secretarias da Educação e do Planejamento, Governança e Gestão sigam em contato com a equipe do Google For Education para alinhamento de novas políticas educacionais. “Torcemos pela continuidade e pela ampliação da parceria com a Google For Education, que tem colaborado com o nosso governo na execução do modelo híbrido de ensino, necessário ainda durante a pandemia", reforçou o secretário de Planejamento, Governança e Gestão, Claudio Gastal.

Aulas remotas

Para 2021, o governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação, dará continuidade às aulas remotas pela plataforma Google Sala de Aula. Até o momento, dos 790 mil estudantes matriculados, cerca de 660 mil já ativaram as contas educacionais.

A iniciativa também prevê a distribuição de 50 mil chromebooks para os docentes regentes de classe e coordenadores pedagógicos das 2,4 mil escolas da Rede Estadual de Ensino. Professores e alunos também têm à disposição ferramentas de incentivo à leitura, como a Árvore e a Elefante Letrado, além de uma plataforma voltada para a matemática, que será lançada nas próximas semanas.

Para ampliar o processo de capacitação dos professores, iniciado em 2020, será realizada nova edição do Letramento Digital. A formação tem o intuito de instrumentalizar os docentes para o uso das plataformas Google e outras ferramentas virtuais.

 

 

Fonte/Créditos: Suzy Scarton / Secom RS

Créditos (Imagem de capa): Gustavo Mansur/Palácio Piratini

Comentários:

Veja mais