TVGO | Guaíba Online

Sessão pública da ANTT sobre novos pedágios terá pressão de comitiva gaúcha em Brasília

🚘 Transporte e Veículos

Sessão pública da ANTT sobre novos pedágios terá pressão de comitiva gaúcha em Brasília

Reunião será transmitida ao vivo na sexta-feira, dia 11 de novembro, a partir das 10h no CanalANTT do YouTube.

IMPRIMIR
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A sessão pública da ANTT sobre a instalação de novos pedágios no Rio Grande do Sul terá pressão de uma comitiva gaúcha em Brasília, contrária a ação, formada por prefeitos e lideranças das cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre.

 

Somente na região metropolitana estão projetadas cinco praças de pedágio, somadas com outras pelo estado, totalizando 13 locais de cobrança. O projeto prevê três pedágios em Eldorado do Sul, um Pedágio em Guaíba e um pedágio na Barra do Ribeiro.

A reunião será transmitida ao vivo na sexta-feira, dia 11 de novembro, a partir das 10h no CanalANTT do YouTube, direto da ANTT em Brasília/DF.

Em outubro foi aberto o cadastro de contribuições para o próximo leilão de rodovias federais gaúchas. Até 1º de dezembro as propostas serão recebidas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A tarifa de pedágio em trechos de pista simples será de R$ 11,54 para carros. Já nas rodovias com pista dupla, o montante para estes veículos poderá chegar a R$ 16,15. Se confirmado o preço, será o pedágio mais caro do Rio Grande do Sul. A projeção indica que o grupo que vencer a concorrência irá investir R$ 4,40 bilhões durante 30 anos.

 

REUNIÃO REGIONAL

Em uma reunião regional realizada na segunda-feira (31), na Câmara de Vereadores de Guaíba, prefeitos, vice-prefeitos, deputados federais e vereadores da Região Carbonífera, Costa Doce e Metropolitana, mobilizaram-se contra os pedágios previstos na nova concessão que o governo federal pretende colocar em prática no Rio Grande do Sul.

Junto ao Prefeito e Vice-Prefeito de Eldorado do Sul, o prefeito de Guaíba, Marcelo Maranata, lidera o movimento que levará vereadores, prefeitos, deputados e entidades a Brasília no dia 11 de novembro para a audiência que irá definir e ouvir os representantes da região em relação às praças de pedágio.

 

 




Comentários: