Guaíba Online

Deus nos fez para precisarmos uns dos outros, mas muitas vezes olhamos os problemas do outro e julgamos

Atrás de todo comportamento existe uma necessidade; que tenhamos compaixão e possamos entender qual a necessidade do outro

Deus nos fez para precisarmos uns dos outros. Temos dons e forças diferentes, falhas e fraquezas diferentes e quando nos unimos, podemos cuidar uns dos outros, ajudar uns aos outros, encorajar uns aos outros e até mesmo desafiar uns aos outros para crescermos. Muitas vezes olhamos os problemas do outro e julgamos, queremos sugerir uma forma de agir. Convidamos você a refletir o que o outro está passando, atrás de todo comportamento existe uma necessidade, que tenhamos compaixão e possamos entender qual a necessidade do outro. 

Leia também: Guaíba confirma a 17ª morte por Covid-19; com 18 novos casos nesta segunda, total chega a 508 positivos

"Desse modo não existe divisão no corpo, mas todas as suas partes têm o mesmo interesse umas pelas outras. Se uma parte do corpo sofre, todas as outras sofrem com ela. Se uma é elogiada, todas as outras se alegram com ela. Pois bem, vocês são o corpo de Cristo, e cada um é uma parte desse corpo." (1 Coríntios 12:25-27).

Você pode pensar “não sou culpado pelos pecados dos outros” mas somos culpados quando não fazemos nada, quando um problema está evidente, ele pede urgência, e se você puder ajude, ore, ofereça sua força. Essa é a sua missão, seja benção para eles.

O que você vem fazendo para ajudar o seu próximo? Se você está sorrindo enquanto outro chora, porque não levar um pouco de “alegria” a quem chora? Porque não oferecer um ombro amigo? Muitas vezes as pessoas precisam somente de um abraço, e até mesmo, precisam somente saber que existe alguém em quem elas podem confiar, ou contar. Use as suas habilidades e o que estiver ao seu alcance para ser luz na vida de alguém.

Leia também: Coluna de Vera Salbego > Eu renasci no meio da pandemia: como foi o processo de minha cirurgia bariátrica

Devemos demonstrar empatia, amor e preocupação com o nosso próximo. Pense em todas as vezes que alguém ajudou você a enfrentar alguma situação e o quão difícil teria sido enfrentar isso sozinho. Ou talvez, você tenha até enfrentado sozinho, mas como gostaria de ter alguém do lado, seja essa pessoa. Por exemplo, quando um braço dói, o resto do corpo perece e sofre com essa dor. Entenda que o seu próximo, da mesma forma, deve refletir em você, e o que você faz por ele também.

Mas não esqueça que, da mesma forma que devemos procurar fazer o bem a quem necessita, e buscamos ajuda em outras pessoas em momentos de dificuldades, devemos procurá-las também quando estamos bem, para partilhar de bons momentos e ter comunhão. Assim é com Deus, devemos lembrar se sua existência nos momentos maus, mas também nos momentos bons e agradecer!

"Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram." (Romanos 12:15)

Desejamos uma feliz e abençoada semana! - Luisa e Débora

.
.
.
.

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Deus nos fez para precisarmos uns dos outros, mas muitas vezes olhamos os problemas do outro e...

Deus nos fez para precisarmos uns dos outros. Temos dons e forças diferentes, falhas e fraquezas diferentes e quando nos unimos, podemos cuidar uns dos outros, ajudar uns aos outros, encorajar uns aos outros e até mesmo desafiar uns aos outros para crescermos. Muitas vezes olhamos os problemas do outro e julgamos, queremos sugerir uma forma de agir. Convidamos você a refletir o que o outro está passando, atrás de todo comportamento existe uma necessidade, que tenhamos compaixão e possamos entender qual a necessidade do outro. 

Leia também: Guaíba confirma a 17ª morte por Covid-19; com 18 novos casos nesta segunda, total chega a 508 positivos

"Desse modo não existe divisão no corpo, mas todas as suas partes têm o mesmo interesse umas pelas outras. Se uma parte do corpo sofre, todas as outras sofrem com ela. Se uma é elogiada, todas as outras se alegram com ela. Pois bem, vocês são o corpo de Cristo, e cada um é uma parte desse corpo." (1 Coríntios 12:25-27).

Você pode pensar “não sou culpado pelos pecados dos outros” mas somos culpados quando não fazemos nada, quando um problema está evidente, ele pede urgência, e se você puder ajude, ore, ofereça sua força. Essa é a sua missão, seja benção para eles.

O que você vem fazendo para ajudar o seu próximo? Se você está sorrindo enquanto outro chora, porque não levar um pouco de “alegria” a quem chora? Porque não oferecer um ombro amigo? Muitas vezes as pessoas precisam somente de um abraço, e até mesmo, precisam somente saber que existe alguém em quem elas podem confiar, ou contar. Use as suas habilidades e o que estiver ao seu alcance para ser luz na vida de alguém.

Leia também: Coluna de Vera Salbego > Eu renasci no meio da pandemia: como foi o processo de minha cirurgia bariátrica

Devemos demonstrar empatia, amor e preocupação com o nosso próximo. Pense em todas as vezes que alguém ajudou você a enfrentar alguma situação e o quão difícil teria sido enfrentar isso sozinho. Ou talvez, você tenha até enfrentado sozinho, mas como gostaria de ter alguém do lado, seja essa pessoa. Por exemplo, quando um braço dói, o resto do corpo perece e sofre com essa dor. Entenda que o seu próximo, da mesma forma, deve refletir em você, e o que você faz por ele também.

Mas não esqueça que, da mesma forma que devemos procurar fazer o bem a quem necessita, e buscamos ajuda em outras pessoas em momentos de dificuldades, devemos procurá-las também quando estamos bem, para partilhar de bons momentos e ter comunhão. Assim é com Deus, devemos lembrar se sua existência nos momentos maus, mas também nos momentos bons e agradecer!

"Alegrem-se com os que se alegram; chorem com os que choram." (Romanos 12:15)

Desejamos uma feliz e abençoada semana! - Luisa e Débora

.
.
.
.

Veja também

sample52
John Vareira - Gourmet
John Vareira - Gourmet

Receita especial para o Dia dos Pais: Pernil Suíno ao molho de cerveja Red Ale

sample52
Fernanda Campos - Tradicionalismo
Fernanda Campos - Tradicionalismo

Descubra o que há em comum entre o Desafio Farroupilha do Grupo RBS e o CTG Pedras Brancas

sample52
Tarso Vigil - Filosofia de Bar
Tarso Vigil - Filosofia de Bar

A Quebra da Quarta...? Será que ficção e realidade podem coexistir?

sample52
Ledi Almeida - Negócios
Ledi Almeida - Negócios

Em agosto está prevista a nota de 200 reais. Mas qual é o objetivo da nova medida?