Guaíba Online

Para aproveitar o máximo que puder, tens que vivenciar o novo, o desconhecido e o que está por trás da cortina

"O que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado"

Uma das coisas que muitos estão fazendo nessa pandemia é assistir filmes. Muitas vezes acabamos assistindo novamente aqueles filmes que temos como nossos preferidos. Bem, eu gosto muito de O Senhor dos Anéis e dentre vários diálogos interessantes, existe um entre Frodo e Gandalf que gosto bastante. Frodo diz assim: “Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido”. E Gandalf responde: “Assim como todos os que testemunham tempos como este, mas não cabe a eles decidir, o que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado”.

Leia também: No dia que confirma a quarta morte por Covid-19, Guaíba entra em bandeira vermelha do Distanciamento Controlado

Temos a tendência de nos sentirmos presos a coisas que nunca imaginamos que teríamos contato ou que um dia sequer chegamos a desejar que acontecesse. A maioria das coisas está fora do nosso controle e não passam de coincidências, destino ou apenas uma reação ante uma ação em algum lugar por aí. Então, saber lidar com elas faz parte de um grande segredo, o de saber como e o quanto de energia você deverá empregar ao interagir com tais situações, afinal de contas, não viveremos para sempre e muitas coisas não merecem nem cinco minutos do nosso precioso tempo. Acredito que vivenciar o novo, o desconhecido, o que está por trás da cortina é sempre uma aventura e melhor do que ler sobre essas aventuras é vivê-las.

No momento estamos limitados a algumas opções, porém isso vai passar e então teremos um mundo inteiro para desbravar. Talvez uma vida inteira não seja o suficiente para vivermos tudo o que gostaríamos, mas como disse o Gandalf “o que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado”. Faça com que a sua vida valha a pena ser vivida, seja saborosa, rica, colorida, perfumada e cheia de encontros e situações que tragam satisfação e um belo sorriso a cada lembrança. Aproveite o máximo que puder, por que o tempo é uma das poucas coisas na quais não conseguimos recuperar.

Leia também: Obras de requalificação urbana nos balneários Alegria e Alvorada: veja como ficarão depois de prontas

Leia mais de Mauro Garcia: Você vai deixar um mundo mais justo para todos aqueles que vierem depois de nós?

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Para aproveitar o máximo que puder, tens que vivenciar o novo, o desconhecido e o que está...

Uma das coisas que muitos estão fazendo nessa pandemia é assistir filmes. Muitas vezes acabamos assistindo novamente aqueles filmes que temos como nossos preferidos. Bem, eu gosto muito de O Senhor dos Anéis e dentre vários diálogos interessantes, existe um entre Frodo e Gandalf que gosto bastante. Frodo diz assim: “Queria que o anel nunca tivesse sido dado a mim e que nada disso tivesse acontecido”. E Gandalf responde: “Assim como todos os que testemunham tempos como este, mas não cabe a eles decidir, o que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado”.

Leia também: No dia que confirma a quarta morte por Covid-19, Guaíba entra em bandeira vermelha do Distanciamento Controlado

Temos a tendência de nos sentirmos presos a coisas que nunca imaginamos que teríamos contato ou que um dia sequer chegamos a desejar que acontecesse. A maioria das coisas está fora do nosso controle e não passam de coincidências, destino ou apenas uma reação ante uma ação em algum lugar por aí. Então, saber lidar com elas faz parte de um grande segredo, o de saber como e o quanto de energia você deverá empregar ao interagir com tais situações, afinal de contas, não viveremos para sempre e muitas coisas não merecem nem cinco minutos do nosso precioso tempo. Acredito que vivenciar o novo, o desconhecido, o que está por trás da cortina é sempre uma aventura e melhor do que ler sobre essas aventuras é vivê-las.

No momento estamos limitados a algumas opções, porém isso vai passar e então teremos um mundo inteiro para desbravar. Talvez uma vida inteira não seja o suficiente para vivermos tudo o que gostaríamos, mas como disse o Gandalf “o que nos cabe é decidir o que fazer com o tempo que nos é dado”. Faça com que a sua vida valha a pena ser vivida, seja saborosa, rica, colorida, perfumada e cheia de encontros e situações que tragam satisfação e um belo sorriso a cada lembrança. Aproveite o máximo que puder, por que o tempo é uma das poucas coisas na quais não conseguimos recuperar.

Leia também: Obras de requalificação urbana nos balneários Alegria e Alvorada: veja como ficarão depois de prontas

Leia mais de Mauro Garcia: Você vai deixar um mundo mais justo para todos aqueles que vierem depois de nós?

Veja também

sample52
Tarso Vigil - Opinião
Tarso Vigil - Opinião

Filosofia de bar: quando as velhas frases de impacto começam a fazer sentido em nossas vidas

sample52
Lucca Rossi - Opinião
Lucca Rossi - Opinião

Não temos saída: o mundo mudou e temos que nos adaptar, sabe-se lá por quanto tempo

sample52
Maris Strege - Cidade Poética
Maris Strege - Cidade Poética

Cidade poética: o anoitecer no Guaíba é o cenário para a poesia de Renato Isquierdo

sample52
Luisa e Débora - Palavras de Fé
Luisa e Débora - Palavras de Fé

Ansiedade: esperar algo parece ser difícil, mas é um tempo em que Deus trabalha em nosso caráter