Guaíba Online

MENU
Logo
Quarta, 28 de julho de 2021

Coluna

Rádio Liberdade: precursora de comunicação regionalista será a pioneira Gaúcha na FM estendida; saiba mais

A Rádio Liberdade surgiu em 1984 trazendo consigo músicas apresentadas nos festivais regionalistas

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para Feedback
Máximo 600 caracteres.
enviando

Esses dias, enquanto acompanhava as notícias mais recentes do Movimento me deparei com uma informação muito interessante que me fez escolher como tema para a nossa coluna de hoje, isso porque me trouxe memórias há muito guardadas pela correria do dia a dia.

.

Quem aqui nunca ouviu aquela música dos Serranos: “Patrão velho, muito obrigado, por este céu azul. Por esta terra tão linda, pelo Rio Grande do Sul”, tocando na ilustre Rádio Liberdade?

Bom, não sei bem ao certo porque lembro dessa música tocando na rádio cedo, nas manhãs de inverno em que o sol nasce iluminando o orvalho das folhas nas árvores. Dizem que há imagens que podemos ouvir, mas acredito que o contrário também seja possível, que haja sons que podemos ver. É assim que me sinto em relação às lembranças de ouvir esta rádio.

A Rádio Liberdade surge em 1984 trazendo consigo músicas apresentadas nos festivais regionalistas e canções de base folclórica da Argentina e do Uruguai. Foi a primeira a transmitir em FM música regional do estado do Rio Grande do Sul em julho de 1985 passa a tocar exclusivamente música regionalista. Ficou conhecida por transmitir grandes eventos nativistas do estado quando pertencia ao Grupo Tartarotti de Comunicação. Sendo adquirida pela Rede Pampa de Comunicação em 20 de Abril de 2006. Assim, no decorrer dos anos foi tomando seu espaço e passou a participar não somente de festivais, mas dos festejos farroupilhas, da exposição Internacional de Animais - Expointer e diversos eventos envolvendo a cultura gaúcha, de acordo com Professor Luiz Artur Ferraretto em seu artigo “LIBERDADE FM: o gauchismo em frequência modulada”, de 2014.

...

Como comunicadores, carrega grandes nomes: Telmo Tartarotti, Jorge Amauri; Bira Mangoni; Zé Adão; Vanderlan; Victor Hugo; Francisco Tiaraju e Leandro Godoy; entre outros. Seu sinal chegou a ser transmitido brevemente pela  internet, já nos anos 90. Na apresentação da rádio para contratação de comerciais a rede Pampa descreve que “A rádio Liberdade é a única emissora do segmento tradicionalista no FM que resgata as origens e o orgulho do povo gaúcho. Em sua programação se destacam os grandes ícones da música nativista do Rio Grande do Sul.”

A precursora de comunicação regionalista, continua se aprimorando neste sentido, em notícia oficial do Movimento Tradicionalista Gaúcho apresentou-se que ela será a primeira emissora gaúcha a transmitir no FM Estendida - eFM. “Com o desligamento analógico, a banda passará a ser de 76 a 108 MHz - exatamente os 12 MHz que anteriormente eram ocupados pelos canais desativados. Esse processo de ampliação é chamado de banda estendida FM. Os aparelhos de rádio mais modernos já pegam a faixa estendida a partir de 76.1 MHz, de acordo com a Empresa Brasil de Comunicação - EBC.

..

Destaca-se que o MTG tem hora marcada nas linhas da rádio, todas as terças-feiras, às 10h30, com o presidente interino do Movimento Tradicionalista Gaúcho, César Oliveira, no Chimarreando com a Liberdade, apresentado por Evandro Leboutte. Portanto, se tu, assim como aprecia uma boa música regional, saiba que é possível escutar a rádio Liberdade pela 970 AM, pelas plataformas digitais e agora também na FM 83.3. Então, vivente, ceva teu mate e te conecta a essa rádio louca de especial, afinal “No campo e na cidade, Gaúcho não vive sem rádio”.


..

.

Veiculação de conteúdo: Guaíba Online não responde ou emite juízo de valor sobre a opinião de seus colunistas. Os colaboradores são autores independentes convidados pelo portal. As visões de colunistas podem não refletir necessariamente as mesmas da plataforma Guaíba Online.

Comentários: