Guaíba Online

Seus pecados e sua identidade não estão ligados um ao outro

O tempo não volta atrás para mudarmos determinadas decisões, mas os nossos erros ou pecados não determinam quem somos

Ao olhar no espelho é fácil analisar e julgar a pessoa que você tem sido, é fácil julgar os acertos e também os erros. O tempo não volta atrás para mudarmos determinadas decisões, mas os nossos erros ou pecados não determinam quem somos.

.

Se nos enxergarmos apenas como pecadores, não merecedores da graça de Deus, do perdão, viveremos dando ouvidos as autocríticas e as críticas dos outros, sempre buscando aprovações para alimentar o nosso ego e consequentemente nos sentindo a pior pessoa do mundo.

Você não é o erro que cometeu, com certeza não. No entanto, isso não quer dizer que você deva se arrepender de seus erros e cometê-los conscientemente novamente, mas quer dizer que independentemente de seus erros, você continua sendo a mesma pessoa e tendo o mesmo coração, a sua identidade ainda é a mesma, e nela está escrito que você é filho de Deus.

.

Estamos expostos aos erros o tempo todo, imaginamos que o único que acerte em tudo é Deus. Portanto, devemos imitar a Paulo:

“Quanto a mim, pouco importa como sou avaliado por vocês ou por qualquer autoridade humana. Na verdade, nem minha própria avaliação é importante.” (1Coríntios? 4:3?)?

Paulo conclui essa passagem dizendo que somente a avaliação de Deus importa. 

Então não cabe a nós julgarmos as nossas próprias vidas. Devemos viver em humildade, tendo a consciência de que não somos melhores e nem piores do que ninguém, tendo a confiança de que estamos buscando uma versão melhor de nós mesmos.

.

Num dia iremos errar, mas no outro podemos acertar, e através de nossos acertos, quem sabe ajudar tantas outras pessoas a acertarem também. 

“Minha consciência está limpa, mas isso não prova que estou certo. O Senhor é quem me avaliará e decidirá.” (1Coríntios? 4:4???)?

Quando nos aproximamos de Cristo como pecadores, devemos vir em humildade. Reconhecemos que somos indigentes e mendigos que nada trazemos para oferecer a Ele, a não ser nosso pecado e nossa necessidade de salvação. Nós "morremos para o ego", para que possamos viver como novas criações em Cristo (2 Coríntios 5:17).

.

A humildade é uma qualidade muito importante. Quem é humilde reconhece que sua vida depende de Deus. Tudo que você faz, todos os seus talentos, todos os seus sucessos vêm de Deus. O humilde reconhece que sem Deus não é nada.

O orgulho afasta de Deus mas a humildade aproxima. A humildade leva a reconhecer o pecado e a pedir perdão. A humildade também ajuda nos relacionamentos com outras pessoas. O humilde reconhece que não é melhor que ninguém e todos merecem amor e atenção. 

Desejamos uma feliz e abençoada semana. Com carinho, Luisa e Débora. 

Sugestão de louvor:  Luma Elpídio - Liberta-me de Mim (neste link)


.
.

Veiculação de conteúdo: Guaíba Online não responde ou emite juízo de valor sobre a opinião de seus colunistas. Os colaboradores são autores independentes convidados pelo portal. As visões de colunistas podem não refletir necessariamente as mesmas da plataforma Guaíba Online.



  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Seus pecados e sua identidade não estão ligados um ao outro

Ao olhar no espelho é fácil analisar e julgar a pessoa que você tem sido, é fácil julgar os acertos e também os erros. O tempo não volta atrás para mudarmos determinadas decisões, mas os nossos erros ou pecados não determinam quem somos.

.

Se nos enxergarmos apenas como pecadores, não merecedores da graça de Deus, do perdão, viveremos dando ouvidos as autocríticas e as críticas dos outros, sempre buscando aprovações para alimentar o nosso ego e consequentemente nos sentindo a pior pessoa do mundo.

Você não é o erro que cometeu, com certeza não. No entanto, isso não quer dizer que você deva se arrepender de seus erros e cometê-los conscientemente novamente, mas quer dizer que independentemente de seus erros, você continua sendo a mesma pessoa e tendo o mesmo coração, a sua identidade ainda é a mesma, e nela está escrito que você é filho de Deus.

.

Estamos expostos aos erros o tempo todo, imaginamos que o único que acerte em tudo é Deus. Portanto, devemos imitar a Paulo:

“Quanto a mim, pouco importa como sou avaliado por vocês ou por qualquer autoridade humana. Na verdade, nem minha própria avaliação é importante.” (1Coríntios? 4:3?)?

Paulo conclui essa passagem dizendo que somente a avaliação de Deus importa. 

Então não cabe a nós julgarmos as nossas próprias vidas. Devemos viver em humildade, tendo a consciência de que não somos melhores e nem piores do que ninguém, tendo a confiança de que estamos buscando uma versão melhor de nós mesmos.

.

Num dia iremos errar, mas no outro podemos acertar, e através de nossos acertos, quem sabe ajudar tantas outras pessoas a acertarem também. 

“Minha consciência está limpa, mas isso não prova que estou certo. O Senhor é quem me avaliará e decidirá.” (1Coríntios? 4:4???)?

Quando nos aproximamos de Cristo como pecadores, devemos vir em humildade. Reconhecemos que somos indigentes e mendigos que nada trazemos para oferecer a Ele, a não ser nosso pecado e nossa necessidade de salvação. Nós "morremos para o ego", para que possamos viver como novas criações em Cristo (2 Coríntios 5:17).

.

A humildade é uma qualidade muito importante. Quem é humilde reconhece que sua vida depende de Deus. Tudo que você faz, todos os seus talentos, todos os seus sucessos vêm de Deus. O humilde reconhece que sem Deus não é nada.

O orgulho afasta de Deus mas a humildade aproxima. A humildade leva a reconhecer o pecado e a pedir perdão. A humildade também ajuda nos relacionamentos com outras pessoas. O humilde reconhece que não é melhor que ninguém e todos merecem amor e atenção. 

Desejamos uma feliz e abençoada semana. Com carinho, Luisa e Débora. 

Sugestão de louvor:  Luma Elpídio - Liberta-me de Mim (neste link)


.
.

Veiculação de conteúdo: Guaíba Online não responde ou emite juízo de valor sobre a opinião de seus colunistas. Os colaboradores são autores independentes convidados pelo portal. As visões de colunistas podem não refletir necessariamente as mesmas da plataforma Guaíba Online.



Veja também

sample52
Fernanda Campos - Tradicionalismo
Fernanda Campos - Tradicionalismo

Conhecendo mais sobre o Tropeirismo antigo e moderno: Porto de Rio Grande realiza sua maior embarcação de bovinos

sample52
Tarso Vigil - Filosofia de Bar
Tarso Vigil - Filosofia de Bar

"Este interregno não é para sempre, embora seja mais escuro antes do amanhecer”

sample52
Jennifer Garske - Saúde e Bem Estar
Jennifer Garske - Saúde e Bem Estar

Partiu pedal? Confira os principais benefícios do ciclismo para a saúde

sample52
Caroline Moura - Direito e Justiça
Caroline Moura - Direito e Justiça

Ele parou de pagar pensão; posso proibir as visitas ao meu filho?