TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

🏥 Saúde

Com quatro salas de atendimento, Guaíba inaugura o novo Centro de Apoio Psicossocial (CAPS) infantojuvenil

Novo espaço na Rua Otávio Rocha também conta com sala de enfermagem, cozinha e salas de artesanato e música

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Com quatro salas de atendimento, Guaíba inaugura o novo Centro de Apoio Psicossocial (CAPS) infantojuvenil
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Na tarde de quarta-feira (27), foi inagurado em Guaíba o novo Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil, no bairro Parque 35. O novo espaço conta com quatro salas de atendimento e acolhida, além de sala de enfermagem, cozinha, sala de artesanato e música, e fica localizado na Rua Otávio Rocha,133 – Centro.

Com um espaço maior e o aumento da equipe, o objetivo é ter maior demanda no atendimento e qualificar os atendimentos já realizados. No local, o serviço é voltado para as crianças e adolescentes com transtornos mentais persistentes, com necessidade de reabilitação psicossocial ou crise de saúde mental.

O atendimento no CAPS depende da classificação de risco à saúde mental. O horário de atendimento é das 8 horas até às 18 horas. A porta de entrada para o atendimento é no SUS e preferencialmente, na unidade de atenção primária à saúde mais próxima da casa do usuário.

Leia Também:

.Nas últimas décadas o saúde mental brasileira passou  por diversas transformações, por meio de diversas políticas públicas implementadas na Legislação. Sendo possível estruturar uma rede de apoio como o CAPS (Centro de Apoio Psicossocial), tornando-se um auxílio decisivo e estratégico para uma assistência e tratamento humanizado a pessoas com algum distúrbio mental.

O CAPS tem o objetivo de promover os serviços de saúde mental e do acompanhamento social, desenvolvendo a autonomia, cidadania, convivência social e fortalecendo os laços familiares, sempre com articulação de outros tratamentos do SUS (Sistema único de Saúde). O usuário do CAPS ao se tornar protagonista de seu tratamento, muitas vezes, ultrapassa seu potencial inicial com progressões em suas ações, singularidade, história, cultura e cotidiano.

A inauguração incluiu brinquedos, lanches e músicas para crianças e adolescentes. Também contou com a presença da psicóloga e coordenadora do CAPS IJ, Adiene Soares, secretária de Saúde Eliane Ribeiro, a psicóloga e coordenadora da Política de Saúde Mental, Paula Scuch, a Promotora Dra. Ana Luisa Leal , o prefeito Marcelo Reinaldo, a Coordenadora do CRAS Semente do Amanhã, Luciane Estafane, os vereadores Florindo Motorista, Chacrinha e Tiago Green, a diretora de Cultura, Iniciação Científica e Práticas Esportivas, Fernanda Pereira, o diretor de Saúde, Josias da Conceição e a primeira-dama, Deisi Reinaldo, além da imprensa local.

Por Tamyris Souza


.
.
.

Comentários: