TVGO | Guaíba Online

Domingo, 21 de Julho de 2024

🚔 Segurança e Polícia

Polícia prende seis pessoas, apreende armas e drogas em segunda fase da operação Occultatio

Segunda fase da operação desarticula quadrilha especializada em roubos de cargas na Região Metropolitana

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Polícia prende seis pessoas, apreende armas e drogas em segunda fase da operação Occultatio
Divulgação - Polícia Civil RS
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

Por meio da Delegacia de Repressão ao Roubo e Furto de Carga (DRFC) do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), a Polícia Civil deflagrou a Operação Occultatio com o objetivo de combater roubos de cargas de cigarro, na segunda-feira (24). Ao todo, 100 policiais civis cumpriram 41 ordens judiciais em Porto Alegre, Montenegro, Portão, Sapucaia do Sul, Estância Velha, Viamão e São Leopoldo.

Durante a operação, foram realizadas seis prisões e apreendidas duas armas, um veículo e uma grande quantidade de comprimidos de ecstasy. A ação é um desdobramento das investigações iniciadas após o roubo de uma carreta bitrem carregada de cigarro em Osório, no dia 12 de agosto de 2023. Na ocasião, sete criminosos foram presos em flagrante e a carga, avaliada em aproximadamente 4 milhões de reais, foi recuperada junto com quatro caminhões, um automóvel e celulares.

Segundo a Delegada Isadora Marina Galian Guarabyra, as investigações permitiram identificar a participação de 16 suspeitos nos crimes relacionados ao roubo de cargas, o que levou à segunda fase da operação. De acordo com o Delegado Eibert Moreira Neto, Diretor de Investigações do Deic, os alvos da operação possuem extensas fichas criminais por crimes como associação criminosa, roubo a motorista de entregas, receptação, posse irregular e porte ilegal de arma de fogo, furto qualificado, homicídio doloso e roubo a estabelecimento comercial.

Leia Também:

Os indivíduos presos responderão pelos crimes de associação criminosa, cárcere privado, roubo circunstanciado pelo transporte de valor, receptação e adulteração de sinal identificador de veículo, entre outros delitos.

 

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

 

Comentários: