Guaíba Online

CMPC faz doação de um milhão de máscaras ao estado do Rio Grande do Sul

Empresa já havia doado 100 mil máscaras, e agora entregará 900 mil unidades, sendo 300 mil a cada mês

Foto: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

O estado do Rio Grande do Sul receberá uma doação de 900 mil máscaras nos próximos três meses. A CMPC fez, na tarde desta quinta-feira (21/5), uma entrega simbólica de quatro caixas do produto ao governador Eduardo Leite, no Palácio Piratini. Serão 900 mil unidades, sendo 300 mil a cada mês. Um primeiro lote de 100 mil máscaras já foi doado para serviços públicos de saúde nas cidades em que a empresa mantém operações no Estado.

Leia mais do Guaíba Online:

- Mais quatro casos positivos são identificados em Guaíba, levando total para 36; veja a inicidência por bairros
- Único caso positivo confirmado em Barra do Ribeiro já está curado, diz prefeitura

A empresa vem trabalhando no combate à pandemia no Rio Grande do Sul. Ao encontrar dificuldades na aquisição de máscaras para os trabalhadores, a CMPC decidiu produzir o material de proteção por conta própria. Por meio da Softys, braço de produção e comercialização de produtos tissue (papéis para fins sanitários) e de cuidado pessoal, investiu cerca de R$ 5 milhões na compra de duas máquinas para produção de máscaras cirúrgicas, capazes de fabricar entre 60 e 80 máscaras por minuto, totalizando 1,5 milhão por mês.

A planta de Guaíba da CMPC faz parte do grupo chileno CMPC (Compañia Manufacturera de Papeles y Cartones) e produz celulose branqueada de eucalipto e papel para impressão e escrita. A CMPC é a maior fabricante gaúcha de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto, com 90% da produção destinada à exportação, especialmente para a fabricação de papéis de higiene pessoal (tissue), entre dezenas de outros produtos de alto valor agregado. Em 2019 a empresa completou 10 anos de atuação no Brasil. O grupo CMPC conta com mais de 17 mil colaboradores em 8 países.

Fonte

Suzy Scarton, Vitor Necchi, Guilherme Ricacheski, Martha Becker
  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

CMPC faz doação de um milhão de máscaras ao estado do Rio Grande do Sul

Suzy Scarton, Vitor Necchi, Guilherme Ricacheski, Martha Becker

O estado do Rio Grande do Sul receberá uma doação de 900 mil máscaras nos próximos três meses. A CMPC fez, na tarde desta quinta-feira (21/5), uma entrega simbólica de quatro caixas do produto ao governador Eduardo Leite, no Palácio Piratini. Serão 900 mil unidades, sendo 300 mil a cada mês. Um primeiro lote de 100 mil máscaras já foi doado para serviços públicos de saúde nas cidades em que a empresa mantém operações no Estado.

Leia mais do Guaíba Online:

- Mais quatro casos positivos são identificados em Guaíba, levando total para 36; veja a inicidência por bairros
- Único caso positivo confirmado em Barra do Ribeiro já está curado, diz prefeitura

A empresa vem trabalhando no combate à pandemia no Rio Grande do Sul. Ao encontrar dificuldades na aquisição de máscaras para os trabalhadores, a CMPC decidiu produzir o material de proteção por conta própria. Por meio da Softys, braço de produção e comercialização de produtos tissue (papéis para fins sanitários) e de cuidado pessoal, investiu cerca de R$ 5 milhões na compra de duas máquinas para produção de máscaras cirúrgicas, capazes de fabricar entre 60 e 80 máscaras por minuto, totalizando 1,5 milhão por mês.

A planta de Guaíba da CMPC faz parte do grupo chileno CMPC (Compañia Manufacturera de Papeles y Cartones) e produz celulose branqueada de eucalipto e papel para impressão e escrita. A CMPC é a maior fabricante gaúcha de celulose branqueada de fibra curta de eucalipto, com 90% da produção destinada à exportação, especialmente para a fabricação de papéis de higiene pessoal (tissue), entre dezenas de outros produtos de alto valor agregado. Em 2019 a empresa completou 10 anos de atuação no Brasil. O grupo CMPC conta com mais de 17 mil colaboradores em 8 países.