TVGO | Guaíba Online

Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

🏭 Economia e Negócios

CMPC inaugura espaço pioneiro com tecnologia para monitorar emissões em tempo real

Centro de Controle Ambiental é um projeto integrado ao BioCMPC e analisa, 24 horas por dia, indicadores de meio ambiente da unidade industrial de Guaíba (RS).

Redação TVGO
Por Redação TVGO
CMPC inaugura espaço pioneiro com tecnologia para monitorar emissões em tempo real
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Entrou em operação no início deste ano o novo Centro de Controle Ambiental (CCA) da CMPC, em Guaíba. O espaço fica integrado ao painel central de operações da Área Industrial e conta com 11 colaboradores, que se revezam no monitoramento de indicadores de emissões atmosféricas, de ruídos e de odor. Com investimento de aproximadamente R$ 800 mil, o CCA é pioneiro no setor de celulose e papel no Brasil e integra o BioCMPC, o maior projeto de sustentabilidade da história do Rio Grande do Sul.

 

Com a criação do CCA, o serviço de monitoramento ambiental foi ampliado para o formato 24 horas, sempre com um profissional especializado e dedicado exclusivamente para essa função. O objetivo é executar a operação industrial de forma impecável sob a perspectiva ambiental, garantindo uma relação de excelência com as comunidades vizinhas à unidade.

Leia Também:

O CCA representa uma das principais ações do BioCMPC, iniciativa que prevê a implantação de 33 medidas em sustentabilidade e modernização operacional, elevando a planta da CMPC à condição de uma das mais sustentáveis do Brasil em gestão de resíduos, tratamento de efluentes, emissões atmosféricas, tratamento de gases e gestão ambiental.

 

Para a CMPC, a sustentabilidade é um valor que orienta sua estratégia de atuação, possuindo compromissos públicos do ponto de vista social e ambiental. “O Centro de Controle Ambiental é pioneiro no setor de celulose e papel. Estamos muito satisfeitos em ver os primeiros passos do CCA, o que nos motiva a seguir colocando em prática todas as estratégias para que possamos colher resultados cada vez melhores no futuro. Queremos ser um farol da bioeconomia para toda a indústria”, afirma o diretor-geral da CMPC Brasil, Mauricio Harger.

Leia também: CMPC e Senai-RS divulgam lista de aprovados para o Curso Técnico em Celulose e Papel

 

Comentários: