TVGO | Guaíba Online

Domingo, 21 de Julho de 2024

🌐 Internacional

Coreia do Norte manda balões com lixo e fezes para a Coreia do Sul

O Norte confirma envio de balões com conteúdo inusitado e promete intensificar ação.

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Coreia do Norte manda balões com lixo e fezes para a Coreia do Sul
Reprodução - Redes sociais
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Cerca de 250 balões contendo lixo e fezes foram detectados sobrevoando o território sul-coreano entre terça-feira (28) e quarta-feira (29). A ação, confirmada pela TV estatal norte-coreana KCNA, seria uma resposta a uma campanha de propaganda promovida por ativistas sul-coreanos e desertores norte-coreanos.

Segundo a KCNA, a Coreia do Norte pretende enviar "dezenas de vezes mais" balões com o mesmo conteúdo para o país vizinho. A agência estatal também divulgou um comunicado de Kim Yo Jong, irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, criticando a Coreia do Sul por "defender a liberdade de expressão de seus cidadãos enquanto critica os balões".

Em resposta à ação norte-coreana, as autoridades da Coreia do Sul pediram aos moradores que não se aproximem dos balões e acionem a polícia. O governo sul-coreano classificou a atitude do Norte como "desumana" e "vulgar", afirmando que os balões são uma "clara violação do direito internacional" e ameaçam a segurança da população.

Leia Também:

Histórico de Tensões:

A troca de balões entre as Coreias não é nova. Nos últimos anos, ativistas sul-coreanos e desertores norte-coreanos enviaram balões para o Norte contendo panfletos críticos ao regime e mídias com conteúdo proibido, como músicas K-pop e dramas. A Coreia do Norte já havia alertado que responderia a essas ações.

Em 2021, a Coreia do Sul aprovou uma lei proibindo o lançamento de balões, mas a medida foi derrubada pela Suprema Corte sob o argumento da liberdade de expressão.

Preocupações e Impactos:

A intensificação da tensão entre as Coreias gera preocupação na comunidade internacional, que teme um novo conflito na região. O envio de balões com conteúdo inusitado eleva o nível de hostilidade e representa um risco à segurança da população de ambos os países.

Ainda não há informações sobre as possíveis consequências a longo prazo dessa ação. As autoridades pedem cautela e recomendam que a população se mantenha informada sobre os desdobramentos da situação.

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações do Portal G1
Comentários: