TVGO | Guaíba Online

Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

👥 Comunidade / Gente

Workshop em Guaíba aborda o próximo setênio e lança o Instituto Wania Maria de Alencastro Barbosa

Prof. Dr. Paulo Ricardo Ferreira recebeu palestrantes da CMPC Brasil do Instituto Caldeira.

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Workshop em Guaíba aborda o próximo setênio e lança o Instituto Wania Maria de Alencastro Barbosa
Guilherme Zawacki / Grupo GO
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Uma reflexão sobre quais competências humanas e profissionais serão necessárias para o próximo setênio, de 2024 a 2030. Esse foi o tema abordado no Workshop Lacunas do Sentir, realizado na quarta-feira (5), na Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Guaíba.

 

Com realização da Escola Padre José Eichelberger e do Instituto Eckart, o mediador, Prof. Dr. Paulo Ricardo Ferreira (presidente e gestor do instituto), trouxe uma expectativa de cenários e recebeu para um debate os palestrantes Engenheiro Otemar Alencastro dos Santos, Gerente de Projetos Especiais na CMPC Brasil e Juliana Vieira, responsável pelo projeto educacional do Instituto Caldeira, de Porto Alegre.

Leia Também:

Um dos objetivos do evento foi oficializar a criação do Instituto Waina Maria Alencastro Barbosa, entidade sem fins lucrativos, pertencente ao Terceiro Setor. O presidente do instituto, empossado para o biênio, é João Bosco Ayala, atuante da cultura, professor, músico e ex-vereador de Guaíba.

Conforme a organização, a criação do Instituto Waina Maria Alencastro Barbosa, visa trabalhar o incremento nas áreas de educação e cultura, na nossa cidade e nas regiões onde for chamado a contribuir.  São, dentre outros, os objetivos sociais do Instituto Waina Barbosa:

 

  • A prestação de serviços educacionais, direta e indiretamente, voltados ao desenvolvimento educacional e cultural dos seus educandos beneficiários.
  • A promoção da educação, por intermédio da criação e manutenção de estabelecimentos de ensino, em todos os graus e níveis, com enfoque nas necessidades da sociedade;
  • A formação e o aperfeiçoamento de profissionais especialistas, técnicos, professores, pesquisadores e de produção científica.
  • Apoiar e promover ações educativas e culturais valorizando todas as formas de expressão artística;
  • A contribuição para o estudo dos problemas socioeconômicos, ambientais e culturais da comunidade, colocando ao seu alcance cursos e serviços.

O evento contou com apresentação da diretora da Escola José Eichelberger, Daciara Collor, e com a presença de diversas autoridades e empresários da cidade, como o prefeito Marcelo Maranata, o Diretor da Agência de Desenvolvimento, Cleber Quadros, representantes de instituições como o Sicredi.

Leia também: Defesa Civil de Guaíba alerta para risco de alagamentos e deslizamentos em 11 pontos da cidade; veja quais

 

Comentários: