Guaíba Online

Funcionária do Paulinho testa positivo para Covid-19; outros têm sintomas suspeitos

Três mercados foram fechados, podendo reabrirem se houver confirmação que caso foi isolado

Foi oficialmente divulgado na manhã de sexta-feira (8) que uma funcionária do mercado Paulinho testou positivo para coronavírus. Ela já se encontra afastada de suas atividades. O quadro clínico dela é considerado bom. A paciente está na enfermaria do Hospital de Clínicas, em Porto Alegre. Por precaução, a vigilância em saúde, em acordo com o empresário, decidiu fechar durante a manhã de sexta as três unidades do mercado, que serão vistoriadas e investigadas por equipes técnicas da saúde. Caso fique constatado que se trata de um caso isolado, esses mercados serão reabertos. A paciente entrará na contagem de casos do município somente quando houver a notificação oficial do Estado.

Leia também: Conselho Tutelar de Guaíba ganha carro novo, bancado por multa de ato irregular de um comerciante

A prefeitura explicou que existe apenas um protocolo para encaminhar o paciente para teste. O cidadão com sintomas gripais pode procurar a central de triagem de combate ao coronavírus em frente ao PA Solon Tavares. No local, ele é encaminhado para um consultório e avaliado por um médico. Caso o paciente apresente sintomas agudos do Covid-19, será feita a coleta do material genético do paciente (coleta de swab da orofaringe e nasofaringe), e esse material será encaminhado para teste no Lacen (Laboratório Central do Estado), que fica em Porto Alegre. Depois disso, o Município recebe a notificação do Estado com resultado negativo ou positivo. É importante ressaltar que o prazo de resposta varia, dependendo apenas do Lacen. A todos os pacientes com sintomas é recomendado (pelos médicos) permanecer em casa, em isolamento, por pelo menos 14 dias.

Leia também: Para que iniciativa privada conclua presídio em Guaíba, governo estadual oferece R$ 25,4 milhões em imóveis e terrenos

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

Funcionária do Paulinho testa positivo para Covid-19; outros têm sintomas suspeitos

Foi oficialmente divulgado na manhã de sexta-feira (8) que uma funcionária do mercado Paulinho testou positivo para coronavírus. Ela já se encontra afastada de suas atividades. O quadro clínico dela é considerado bom. A paciente está na enfermaria do Hospital de Clínicas, em Porto Alegre. Por precaução, a vigilância em saúde, em acordo com o empresário, decidiu fechar durante a manhã de sexta as três unidades do mercado, que serão vistoriadas e investigadas por equipes técnicas da saúde. Caso fique constatado que se trata de um caso isolado, esses mercados serão reabertos. A paciente entrará na contagem de casos do município somente quando houver a notificação oficial do Estado.

Leia também: Conselho Tutelar de Guaíba ganha carro novo, bancado por multa de ato irregular de um comerciante

A prefeitura explicou que existe apenas um protocolo para encaminhar o paciente para teste. O cidadão com sintomas gripais pode procurar a central de triagem de combate ao coronavírus em frente ao PA Solon Tavares. No local, ele é encaminhado para um consultório e avaliado por um médico. Caso o paciente apresente sintomas agudos do Covid-19, será feita a coleta do material genético do paciente (coleta de swab da orofaringe e nasofaringe), e esse material será encaminhado para teste no Lacen (Laboratório Central do Estado), que fica em Porto Alegre. Depois disso, o Município recebe a notificação do Estado com resultado negativo ou positivo. É importante ressaltar que o prazo de resposta varia, dependendo apenas do Lacen. A todos os pacientes com sintomas é recomendado (pelos médicos) permanecer em casa, em isolamento, por pelo menos 14 dias.

Leia também: Para que iniciativa privada conclua presídio em Guaíba, governo estadual oferece R$ 25,4 milhões em imóveis e terrenos