TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

👥 Comunidade / Gente

Nível do rio Jacuí em Eldorado do Sul sobe e coloca fuzileiros navais em prontidão

Equipes monitoram áreas alagadas e auxiliam na remoção de entulhos

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Nível do rio Jacuí em Eldorado do Sul sobe e coloca fuzileiros navais em prontidão
Talita Ribeiro / TVGO
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Rio Jacuí voltou a subir em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana de Porto Alegre, colocando em alerta a Marinha do Brasil. Na quinta-feira (15), equipes do Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais foram posicionadas em pontos de inundação no município.

Um dos locais mais afetados é a Rua Gabriela Nascimento, no Bairro Picada, onde quatro fuzileiros navais monitoram o nível da água. A equipe conta com uma viatura anfíbia Piranha IIIC, equipada com pá para remoção de entulhos e desobstrução de vias.

Desde o dia 11 de maio, quando chegou ao município, o Grupamento Operativo já retirou cerca de quatro mil metros cúbicos de entulho, o equivalente a 500 caminhões basculantes.

Leia Também:

No Bairro Picada, a água ainda não invadiu as casas, mas já impede a locomoção de alguns moradores, que precisam usar barcos para se deslocar nas áreas alagadas. O nível do Jacuí ainda não atingiu a altura da cintura.

A Prefeitura de Eldorado do Sul abriu dois pontos de remoção para os moradores que precisarem ser realocados para abrigos oficiais. Um deles fica na Escola Cônego Eugênio Mees, para atender moradores dos bairros Chácara e entorno.

O outro é no Ginásio Loteamento, destinado às famílias dos bairros Vila da Paz, Cidade Verde, Loteamento, Centro e região. A prefeitura informa que, em caso de superlotação do Abrigo Eliseu Quinhones (David), os munícipes serão encaminhados para o abrigo que fica na Escola Estadual Solon Tavares, na cidade de Guaíba.

 

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações do Jornal Correio do Povo
Comentários: