TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

🏘️ Cidades do RS

Marinha recebe novos equipamentos para auxiliar na desobstrução de vias no RS

Equipamentos aumentarão a capacidade de atuação da Força Naval na região

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Marinha recebe novos equipamentos para auxiliar na desobstrução de vias no RS
Divulgação / Marinha do Brasil
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

A Marinha do Brasil (MB) recebeu na terça-feira (18) novos equipamentos de engenharia para auxiliar na desobstrução e limpeza de vias no Rio Grande do Sul. As aquisições, que incluem retroescavadeiras, motosserras, motores de popa e caminhões basculantes, visam ampliar a capacidade de resposta da Força Naval na região, especialmente no Arquipélago de Porto Alegre, uma das áreas mais afetadas pelas enchentes no estado.

Desde sua chegada no dia 11 de maio, a Marinha já retirou cerca de quatro mil metros cúbicos de entulho, o equivalente a 500 caminhões basculantes. Atualmente, os esforços estão concentrados nos municípios de Eldorado do Sul e no Arquipélago de Porto Alegre.

Na Ilha da Pintada, a Marinha está auxiliando na limpeza da Escola Estadual de Ensino Médio Almirante Barroso, que foi severamente afetada pelas inundações. A escola também serve como base de operações avançada para a Força Naval na região.

Leia Também:

Operação Taquari 2:

A Operação Taquari 2, iniciada no dia 30 de abril, conta com a participação de mais de 2.000 militares, 11 helicópteros, 9 navios, 73 embarcações e 215 viaturas. Até o momento, a Marinha já transportou mais de 400 toneladas de donativos e 130 mil litros de água potável para a população gaúcha.

Um Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais também atua no RS, realizando resgates, transporte de materiais, desobstrução de vias, recuperação de estruturas, apoio às forças de segurança pública e fornecimento de água potável. Um Hospital de Campanha com 40 leitos está operando na cidade de Rio Grande.

Sinergia na aquisição de equipamentos:

O processo de aquisição dos novos equipamentos exigiu grande sinergia entre os diversos setores da Marinha, segundo o Capitão de Fragata (Fuzileiro Naval) Michel Silva Camelo, Oficial de Ligação de Engenharia da Força Naval na Operação.

Ações contínuas:

A Marinha do Brasil segue atuando no Rio Grande do Sul, com o objetivo de auxiliar a população afetada pelas enchentes e contribuir para a reconstrução do estado.

 

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Agência Marinha de Notícias
Comentários: