Guaíba Online

A importância de se ter um "Plano B" para sua carreira e todos campos da vida

Todos nós lidamos com a insegurança no mercado de trabalho

pexels.com

Você já sofreu em algum momento de sua vida, uma pressão desenfreada da sociedade, de amigos, da empresa em que exerce suas atividades e dos familiares? Se sim, bem vindo ao clube, pois essa pressão é sentida durante as 24 horas do dia.

Leia também: Empreendedorismo em 2020: a hora de abrir seu negócio chegou; mas como fazer?

Há pressão de todos os lados sobre um profissional, que também é mãe, pai, filho, marido, esposa, enfim, é um ser humano. A cobrança desmedida para que as pessoas atendam todas as exigências de uma sociedade moderna (sucesso profissional e financeiro, ter um corpo atlético, esbanjar boa saúde mesmo trabalhando quase 14h por dia, concluir uma faculdade, universidade, entre tantas outras coisas...) faz com que os profissionais lidem com a insegurança no mercado de trabalho atual.

De um modo geral, todos nós lidamos com a insegurança no mercado de trabalho por conta da situação político-econômica e financeira do país e do mundo, pois não podemos esquecer que vivemos num mundo globalizado. Das pressões decorrentes da competitividade, do avanço tecnológico e da rapidez das informações advinda com a internet e da nova “era digital”. Como se não bastasse, há ainda uma cobrança muito grande por conta das pressões diárias por resultados, na família e na vida de uma maneira geral. É logico que tudo isso afeta os profissionais que buscam cada vez mais saídas alternativas como forma de reestabelecer o equilíbrio. Pois, ainda existem vários profissionais que exercem atividades 14h diárias, para assegurar uma necessidade básica do ser humano que é a segurança até atingir níveis como: sua auto realização e obter o reconhecimento.

Toda esta pressão desenfreada leva os profissionais a “adoecerem”, manifestando comportamentos característicos de ansiedade, depressão, como: insônia ou sono demasiado, fadiga, esquecimento, falta de apetite ou apetite em excesso, assim como executar várias atividades concorrentes entre si, que normalmente necessitariam de dedicação exclusiva, simultaneamente sem obter resultados satisfatórios em nenhuma delas, consequentemente veem sua qualidade de vida afetada de sobremaneira que sua autoestima que por sua vez impacta significativamente a sua performance, abalando as relações pessoas seja na família ou na sociedade.

Por conta deste cenário, muitas pessoas têm buscado alternativas, para reduzir a ansiedade, para relaxar e dormir e trazer novamente o equilíbrio no todo. Estas alternativas variam muito de pessoa para pessoa, existem várias alternativas, que irei citar algumas aqui: umas buscam terapias holísticas, com tratamentos mais naturais, outras buscam psiquiatras e psicólogos, com tratamentos através de medicação laboratorial, outros procuram treinamentos que são imersões de três dias ou mais, onde recebem um bombardeio de informações, sua vibração e auto estima são tão elevados, que quando saem da imersão ficam frustradas, pois se deparam com a realidade aqui fora e se perguntam como implantar e executar tudo o que foi vivenciado durante estes três dias, piorando sua situação (eu particularmente não sou a favor disto, basta pesquisar na internet que vemos vários cursos deste tipo, oferecendo milagres e curas), e muitas outras alternativas.

Leia também: Gestão comportamental: entenda como ela impacta sua empresa

O que seria recomendado: a prática de exercícios físicos, esportes, caminhadas em meio à natureza, uma respiração adequada, para oxigenação do cérebro e este trazer tranquilidade e harmonia, sem jamais esquecer o campo mais importante de nossas vidas que é a espiritualidade, não falo aqui de religião, falo de espiritualidade, meditação, você se conhecer, saber seu propósito de vida? O porquê estas vivendo neste mundo? Através de meditação e reflexão, reencontrará o equilíbrio do corpo e mente.

Com tantos estímulos e oportunidades disponíveis atualmente, como escolher um caminho novo? Como decidir onde e como investir dinheiro, tempo e expectativas? Um curso de especialização, talvez? Aí vem a grande questão, pois esse novo caminho pode estar na sua própria profissão, o que não requer necessariamente um redirecionamento de carreira, mas ao contrário, consiste muitas vezes, em reinventar-se para melhor performace, com frequência vemos isso na música, no cinema e nas artes de uma maneira geral, todos se reinventando em certo momento de suas vidas. Quem não se reinventa fica para trás, por isso, é importantíssimo que as pessoas escolham uma área de atuação compatível com o seu talento e que estes estejam alinhados com o seu critério de valores. Este é um motivo, para qual em todas as minhas falas, escritas se vocês observarem, eu comento da importância em você saber qual seu propósito de vida, neste mundo.

É fundamental investir em uma profissão que você sinta que não precise dispender um esforço quase sobrenatural e desumano, para obter bons resultados, mas ao contrário, que a pessoa sinta que está curtindo a trajetória e os desafios apresentados a sua frente, tirando de letra cada um. É importante seguir a sua intuição e seguir a voz do coração ao invés de fazer investimentos absurdos em cursos ou negócios que prometem alta rentabilidade á curto prazo, mesmo que não tenha talento e nem “tesão” suficientes pela atividade. Posso dizer até que é suicídio, para seu bolso e alma.

Leia também: O planejamento estratégico é essencial para ganhar competitividade no mercado em que atua

No entanto, não podemos desprezar a importância de termos um Plano B hoje em dia, pois antigamente as pessoas tinham uma mesma profissão à vida inteira. Você deve lembrar ou ter escutado que fulano trabalha ou trabalhou naquela empresa por 20 anos, 30 anos e se aposentou, mas tudo mudou, por isso há um estímulo muito grande de atividades profissionais, onde as pessoas se percebem atuando bem em várias delas. Por exemplo: um consultor de empresas, um médico cirurgião/clínico que também trabalha como apresentador de televisão em programas ligados à sua área de atuação profissional, como também se tornam palestrantes técnicos e comportamentais. Advogados e engenheiros que dão aula, em faculdades e universidades, formando mais profissionais qualificados. Estes profissionais se tornam referencia em sua fala, pois além da didática que é muito importante, possuem o conhecimento e experiência na prática. O importante mesmo é você descobrir o que gosta de fazer e se dedicar a isso, que a recompensa vem com a prática e o aperfeiçoamento contínuo.

 

 

 

Oferecimento:
- Rancho e cestas básicas é na Super Sacola Econômica
- Peça a felicidade em fatias com as pizzas da Di Nápoli Guaíba

  • Compartilhe
  • Compartilhar no Facebook
  • Compartilhar no Twitter
  • Compartilhar no WhatsApp

A importância de se ter um "Plano B" para sua carreira e todos campos da vida

Você já sofreu em algum momento de sua vida, uma pressão desenfreada da sociedade, de amigos, da empresa em que exerce suas atividades e dos familiares? Se sim, bem vindo ao clube, pois essa pressão é sentida durante as 24 horas do dia.

Leia também: Empreendedorismo em 2020: a hora de abrir seu negócio chegou; mas como fazer?

Há pressão de todos os lados sobre um profissional, que também é mãe, pai, filho, marido, esposa, enfim, é um ser humano. A cobrança desmedida para que as pessoas atendam todas as exigências de uma sociedade moderna (sucesso profissional e financeiro, ter um corpo atlético, esbanjar boa saúde mesmo trabalhando quase 14h por dia, concluir uma faculdade, universidade, entre tantas outras coisas...) faz com que os profissionais lidem com a insegurança no mercado de trabalho atual.

De um modo geral, todos nós lidamos com a insegurança no mercado de trabalho por conta da situação político-econômica e financeira do país e do mundo, pois não podemos esquecer que vivemos num mundo globalizado. Das pressões decorrentes da competitividade, do avanço tecnológico e da rapidez das informações advinda com a internet e da nova “era digital”. Como se não bastasse, há ainda uma cobrança muito grande por conta das pressões diárias por resultados, na família e na vida de uma maneira geral. É logico que tudo isso afeta os profissionais que buscam cada vez mais saídas alternativas como forma de reestabelecer o equilíbrio. Pois, ainda existem vários profissionais que exercem atividades 14h diárias, para assegurar uma necessidade básica do ser humano que é a segurança até atingir níveis como: sua auto realização e obter o reconhecimento.

Toda esta pressão desenfreada leva os profissionais a “adoecerem”, manifestando comportamentos característicos de ansiedade, depressão, como: insônia ou sono demasiado, fadiga, esquecimento, falta de apetite ou apetite em excesso, assim como executar várias atividades concorrentes entre si, que normalmente necessitariam de dedicação exclusiva, simultaneamente sem obter resultados satisfatórios em nenhuma delas, consequentemente veem sua qualidade de vida afetada de sobremaneira que sua autoestima que por sua vez impacta significativamente a sua performance, abalando as relações pessoas seja na família ou na sociedade.

Por conta deste cenário, muitas pessoas têm buscado alternativas, para reduzir a ansiedade, para relaxar e dormir e trazer novamente o equilíbrio no todo. Estas alternativas variam muito de pessoa para pessoa, existem várias alternativas, que irei citar algumas aqui: umas buscam terapias holísticas, com tratamentos mais naturais, outras buscam psiquiatras e psicólogos, com tratamentos através de medicação laboratorial, outros procuram treinamentos que são imersões de três dias ou mais, onde recebem um bombardeio de informações, sua vibração e auto estima são tão elevados, que quando saem da imersão ficam frustradas, pois se deparam com a realidade aqui fora e se perguntam como implantar e executar tudo o que foi vivenciado durante estes três dias, piorando sua situação (eu particularmente não sou a favor disto, basta pesquisar na internet que vemos vários cursos deste tipo, oferecendo milagres e curas), e muitas outras alternativas.

Leia também: Gestão comportamental: entenda como ela impacta sua empresa

O que seria recomendado: a prática de exercícios físicos, esportes, caminhadas em meio à natureza, uma respiração adequada, para oxigenação do cérebro e este trazer tranquilidade e harmonia, sem jamais esquecer o campo mais importante de nossas vidas que é a espiritualidade, não falo aqui de religião, falo de espiritualidade, meditação, você se conhecer, saber seu propósito de vida? O porquê estas vivendo neste mundo? Através de meditação e reflexão, reencontrará o equilíbrio do corpo e mente.

Com tantos estímulos e oportunidades disponíveis atualmente, como escolher um caminho novo? Como decidir onde e como investir dinheiro, tempo e expectativas? Um curso de especialização, talvez? Aí vem a grande questão, pois esse novo caminho pode estar na sua própria profissão, o que não requer necessariamente um redirecionamento de carreira, mas ao contrário, consiste muitas vezes, em reinventar-se para melhor performace, com frequência vemos isso na música, no cinema e nas artes de uma maneira geral, todos se reinventando em certo momento de suas vidas. Quem não se reinventa fica para trás, por isso, é importantíssimo que as pessoas escolham uma área de atuação compatível com o seu talento e que estes estejam alinhados com o seu critério de valores. Este é um motivo, para qual em todas as minhas falas, escritas se vocês observarem, eu comento da importância em você saber qual seu propósito de vida, neste mundo.

É fundamental investir em uma profissão que você sinta que não precise dispender um esforço quase sobrenatural e desumano, para obter bons resultados, mas ao contrário, que a pessoa sinta que está curtindo a trajetória e os desafios apresentados a sua frente, tirando de letra cada um. É importante seguir a sua intuição e seguir a voz do coração ao invés de fazer investimentos absurdos em cursos ou negócios que prometem alta rentabilidade á curto prazo, mesmo que não tenha talento e nem “tesão” suficientes pela atividade. Posso dizer até que é suicídio, para seu bolso e alma.

Leia também: O planejamento estratégico é essencial para ganhar competitividade no mercado em que atua

No entanto, não podemos desprezar a importância de termos um Plano B hoje em dia, pois antigamente as pessoas tinham uma mesma profissão à vida inteira. Você deve lembrar ou ter escutado que fulano trabalha ou trabalhou naquela empresa por 20 anos, 30 anos e se aposentou, mas tudo mudou, por isso há um estímulo muito grande de atividades profissionais, onde as pessoas se percebem atuando bem em várias delas. Por exemplo: um consultor de empresas, um médico cirurgião/clínico que também trabalha como apresentador de televisão em programas ligados à sua área de atuação profissional, como também se tornam palestrantes técnicos e comportamentais. Advogados e engenheiros que dão aula, em faculdades e universidades, formando mais profissionais qualificados. Estes profissionais se tornam referencia em sua fala, pois além da didática que é muito importante, possuem o conhecimento e experiência na prática. O importante mesmo é você descobrir o que gosta de fazer e se dedicar a isso, que a recompensa vem com a prática e o aperfeiçoamento contínuo.

 

 

 

Oferecimento:
- Rancho e cestas básicas é na Super Sacola Econômica
- Peça a felicidade em fatias com as pizzas da Di Nápoli Guaíba

Veja também

sample52
Casal Viajante - Lugares e Sabores
Casal Viajante - Lugares e Sabores

#PartiuConhecer a cervejaria Paralelo 30 em Eldorado do Sul e os estilos da marca Galeza

sample52
John Vareira - Gourmet
John Vareira - Gourmet

Receita especial para o Dia dos Pais: Pernil Suíno ao molho de cerveja Red Ale

sample52
Fernanda Campos - Tradicionalismo
Fernanda Campos - Tradicionalismo

Descubra o que há em comum entre o Desafio Farroupilha do Grupo RBS e o CTG Pedras Brancas

sample52
Tarso Vigil - Filosofia de Bar
Tarso Vigil - Filosofia de Bar

A Quebra da Quarta...? Será que ficção e realidade podem coexistir?