TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Geral

Não desista, pois os certos do futuro podem ser construídos sobre os erros do presidente

Faça um exercício de humanidade e não desista da nossa terra

Elivelto Corrêa - Opinião
Por Elivelto Corrêa - Opinião
Não desista, pois os certos do futuro podem ser construídos sobre os erros do presidente
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Amigos, não desistam ainda. Pois a desistência não oferece muitos caminhos. Ainda que possamos viver em outros países e conviver com outras pessoas. Não desistam ainda desta terra. Erramos demais no passado e continuamos errando. Damos voz a ignorantes e poder a nulidades e embora tenhamos nosso quinhão de culpa, erramos por tentar acertar e a única certeza que temos é que ainda erraremos mais no mesmo intuito.

O errar é plenamente humano, mas o pensar também é! Então pense, sem paixão, e faça um exercício de humildade (que é a nobreza na forma mais pura) e reflita se aplaudiremos o erro em nome de cravar o pé numa postura insustentável. O erro não é menos erro porque cometido por mim ou mais erro porque cometido pelo outro.

Erros são erros e precisam ser evitados, combatido e corrigidos. Há um estado de coisas já visíveis que são reflexo do nosso erro, e digo: talvez não tivéssemos boas opções. Não desistam do país ainda. Mas, sobretudo, não desistam da decência, retidão e da bondade, apenas para reafirmar que esteve certo. Não seja conivente com a morte dos pobres, dos velhos, dos animais, dos indígenas, apenas para sentar soberbo no trono da razão. Não faça eco aos gritos de intolerância para com outras religiões e para com outros estilos de vida ou formas de amor. A sua fé e a sua certeza devem se sustentar por si, sem destruir ou desmerecer a fé ou a filosofia do outro.

Leia Também:

A verdade é que estamos caminhando para o caos. A passos largos. Alguns de nós marchando orgulhosos, porque é melhor morrer no abismo que escolheram do que desviar para o caminho que outro, menos inteligente, apontou. Não caminhem para o abismo. Não desistam ainda.

Comentários:
Elivelto Corrêa - Opinião

Publicado por:

Elivelto Corrêa - Opinião

Saiba Mais