TVGO | Guaíba Online

Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

🏭 Economia e Negócios

CMPC investe mais de R$ 63 milhões em sua Parada Geral de Manutenção de Guaíba

Manutenção da linha de produção de celulose teve R$ 14 milhões investidos somente em empresas de Guaíba.

Redação TVGO
Por Redação TVGO
CMPC investe mais de R$ 63 milhões em sua Parada Geral de Manutenção de Guaíba
Divulgação CMPC
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Entre os dias 07 e 18 de maio, a CMPC realizou, com êxito, a Parada Geral de Manutenção da sua segunda linha de produção de celulose (G2), localizada na unidade industrial de Guaíba. Para a execução dessas atividades, a companhia realizou um investimento total de R$ 63,3 milhões.

 

Na aquisição de materiais e contratação de serviços, empresas de municípios gaúchos receberam o investimento de R$ 25 milhões, dos quais R$ 14 milhões foram aportados exclusivamente em companhias de Guaíba.

Leia Também:

Ao longo desses 12 dias, mais de três mil profissionais de 97 empresas atuaram na unidade industrial. Foram realizados mais de 20 mil serviços de reparos, incluindo atividades que compõem o BioCMPC, projeto que atingiu a marca de 80% de conclusão. A estimativa é de que as obras sejam finalizadas ainda neste ano.

 

Sobre a CMPC 

A CMPC Brasil tem sua unidade industrial localizada em Guaíba, no Rio Grande do Sul, faz parte do grupo chileno CMPC e produz, por ano, cerca de 2 milhões de toneladas de celulose – matéria-prima biodegradável utilizada na fabricação de produtos de higiene pessoal (tissue), de embalagens e de vários outros itens presentes no cotidiano das pessoas. Maior indústria do estado, conforme o índice VPG (Valor Ponderado de Grandeza), a companhia é responsável pela criação de 45 mil empregos diretos, indiretos e induzidos na economia gaúcha, com 6,6 mil profissionais atuando em suas operações industriais, florestais e portuárias. 

Leia também: Dra. Rosângela faz seu show Gratiluz em Guaíba na quinta (8); veja como comprar ingressos

 

Comentários: