TVGO | Guaíba Online

Domingo, 21 de Julho de 2024

🇧🇷 Brasil

Governo Federal e setor de arroz firmam acordo para monitoramento de preços

Ministério da Agricultura e Pecuária afirma que busca garantir abastecimento com preço justo

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Governo Federal e setor de arroz firmam acordo para monitoramento de preços
Joédson Alves / Agência Brasil
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) anunciou na manhã da quinta-feira (04) um acordo com representantes da indústria e produtores de arroz para monitorar preços e estoques do grão no país. A medida visa conter a especulação e garantir o abastecimento à população com preço justo.

O acordo foi firmado durante reunião entre o ministro Carlos Fávaro e os demais agentes da cadeia produtiva. Segundo Fávaro, o monitoramento permitirá identificar e combater práticas especulativas que podem elevar os preços do arroz sem motivo real.

Cancelamento de leilão para compra de arroz importado

Leia Também:

O ministro também anunciou o cancelamento do leilão público para compra de arroz importado, realizado no mês passado. A decisão foi tomada após questionamentos sobre a capacidade técnica e financeira das empresas vencedoras da licitação.

Fávaro explicou que o cancelamento do leilão foi necessário para garantir a responsabilidade com o dinheiro público. "Tomamos a decisão difícil de cancelar o leilão e monitorar os preços do arroz", afirmou.

Em paralelo ao monitoramento de preços e estoques, o MAPA também anunciou medidas para estimular o plantio de arroz no país. O objetivo é aumentar a produção e garantir a segurança alimentar da população brasileira.

"É determinação do presidente Lula que a gente plante mais arroz, que a gente tenha arroz como temos soja, milho, carne bovina e suína, aves. Em abundância. Se sobrar, vamos exportar, gerar renda no campo e excedentes na balança comercial brasileira", concluiu Fávaro.

Ações para conter o aumento do preço do arroz

  • Monitoramento de preços e estoques
  • Cancelamento de leilão para compra de arroz importado
  • Estímulo ao plantio de arroz

Objetivo das medidas

  • Combater a especulação
  • Garantir o abastecimento
  • Assegurar preço justo à população
  • Aumentar a produção de arroz
  • Gerar renda no campo

 

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações da Agência Brasil
Comentários: