TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Geral

Com uma base forte e sólida, todo o projeto se torna promissor; investir em educação é investir no futuro

Se estamos “matando” futuros profissionais com falta de atenção e compromisso da educação, que tipo de futuro teremos?

Mauro Garcia - Desenvolv. Humano
Por Mauro Garcia - Desenvolv....
Com uma base forte e sólida, todo o projeto se torna promissor; investir em educação é investir no futuro
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Existe uma parte fundamental em uma estrutura (seja qual for a sua natureza) que faz toda a diferença para o restante de sua edificação e/ou desempenho, esta parte chamamos de base. Com uma base forte e sólida, todo o projeto se torna promissor, por que você acredita que ele foi bem estruturado. Por isso, essa é a etapa em que devemos depositar mais atenção, zelo e recursos.

De acordo com o estudo realizado pelo economista Ricardo Paes de Barros, a perda de recursos devido a evasão escolar no ensino básico é de cerca de 214 bilhões por ano. O estudo teve como base quatro elementos, a empregabilidade e remuneração dos jovens, efeitos que a remuneração dos jovens têm para a sociedade, longevidade com qualidade de vida e violência. Esses fatores combinados mostram a realidade da educação no Brasil e o quão vulnerável está a saúde financeira da educação brasileira. Além de outros fatores graves, como a corrupção em diversos níveis, dados como este nos mostram que a atenção e o zelo mencionados no inicio do texto, tornam-se ainda mais importantes na melhoria da qualidade do ensino.

Claro que esta pesquisa destaca apenas uma das diversas frentes as quais devemos dar atenção. A principal delas sempre será o quanto disso tudo afetará diretamente em cada estudante, no desenvolvimento do seu intelecto e na sua formação como cidadão. Um outro fator que o economista aponta é a preocupação com a evasão escolar devido a pandemia, já que muitos alunos declararam não querer retornar a escola quando as aulas reiniciarem. Devemos ficar atentos ao fato de que os alunos da educação básica de hoje serão os futuros profissionais do nosso país, futuros médicos, professores, presidentes pesquisadores, etc. Mas se estamos “matando” esses futuros profissionais devido a falta de atenção e seriedade com o compromisso da educação, que tipo de futuro teremos?

Leia Também:

A educação não pode ser apenas tema de discussões em debates políticos e discursos em palanques. Ela deve ser encarada e tratada com a seriedade que merece, por que é um dos pilares fundamentais da formação e sustentação de uma sociedade. Portanto, penso que a preocupação com o ensino em nosso país deve ser de todos os brasileiros e talvez falte entender que os professores e alunos são o que estão na ponta dessa corda. São eles que sofrem o maior impacto de todas as ações realizadas na estrutura educacional. Estamos em ano eleitoral, e devido a tudo isso que estamos vivendo, temos que ter atenção redobrada com os discursos e promessas que chegarão até nós. Lembre-se que muitas vezes a corrupção já começa no voto e este definirá o nosso futuro pelos próximos quatro anos.

Veiculação de conteúdo: Guaíba Online não responde ou emite juízo de valor sobre a opinião de seus colunistas. Os colaboradores são autores independentes convidados pelo portal. As visões de colunistas podem não refletir necessariamente as mesmas da plataforma Guaíba Online.

Comentários:
Mauro Garcia - Desenvolv. Humano

Publicado por:

Mauro Garcia - Desenvolv. Humano

Saiba Mais