TVGO | Guaíba Online

Sabado, 13 de Julho de 2024

🚔 Segurança e Polícia

Produtos oficiais do Grêmio são recuperados em abrigo de Cachoeirinha

Suspeitos foram encaminhados para a delegacia e mercadoria deve ser devolvida ao Grêmio

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Produtos oficiais do Grêmio são recuperados em abrigo de Cachoeirinha
Divulgação - Polícia Civil RS
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A Polícia Civil de Cachoeirinha apreendeu, na tarde de segunda-feira (27), produtos oficiais do Grêmio que haviam sido saqueados da loja do clube na Arena. As mercadorias, avaliadas em cerca de R$ 10 mil, foram encontradas em um abrigo para vítimas da enchente no município.

A ação ocorreu após denúncias de que algumas pessoas no abrigo estavam com grande quantidade de produtos com a logomarca do Grêmio, o que levantou suspeitas sobre a origem dos itens. A 1ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha identificou os responsáveis pelo saque e os encaminhou para a delegacia.

Saque durante a enchente

Leia Também:

Os produtos foram saqueados no dia 4 de maio, quando a Arena do Grêmio, localizada no bairro Humaitá, abriu suas portas para cerca de 80 moradores desalojados pelas chuvas que atingiram a região. O clube disponibilizou o espaço como abrigo temporário, mas devido à falta de água e luz, os abrigados precisaram ser transferidos para outros locais dois dias depois.

Arena do Grêmio colabora com as investigações

A Arena do Grêmio informou que está colaborando com as investigações da Polícia Civil e que repudia qualquer ato de vandalismo ou crime. O clube ainda ressaltou que, durante a enchente, priorizou o acolhimento das vítimas e que, após a normalização da situação, auxiliou no translado de mais de 300 pessoas para abrigos municipais.

Produtos a serem devolvidos ao clube

A Polícia Civil ainda não divulgou informações sobre os responsáveis pelo saque e o destino que será dado aos produtos recuperados. A expectativa é que, após a conclusão das investigações, os itens sejam devolvidos ao Grêmio.

 

 

 

Comentários: