TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Geral

Cidade poética: "o menino que, mesmo sem futuro, colhe o presente" através da poesia de Michelle Azambuja

"Cidade poética" é o espaço semanal do GO que traz fotografias de Maris Strege sob o olhar poético de escritores locais

Maris Strege - Cidade Poética
Por Maris Strege - Cidade Poética
Cidade poética:
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Espera o menino
Que flutua na esperança 
Suave dança
De quem vê a cura
Da humanidade 
Que outrora perdida
Agora aflita 
Caminha sem passos
Insólito caminho
Fala sem voz
Está tudo guardado
Mas o menino anseia
O amor é uma epifania
Como quem não tem medo 
E mesmo sem futuro 
Ele colhe o presente
De uma sociedade que 
Sempre fora ausência 
Quer ser presença entre espinhos
Plantar girassóis no caminho
Que não pode trilhar
Mas que outrem
Algum dia
O trilhará
Acredite


Poesia de Michelle Azambuja 


Leia mais de Maris Strege:

- Cidade poética: escadaria em frente à prefeitura é o cenário para os "Degraus de Outono"
- Cidade poética: o píer de Guaíba é o cenário para a poesia de Marcelo Rutshell


Leia Também:

Comentários:
Maris Strege - Cidade Poética

Publicado por:

Maris Strege - Cidade Poética

Saiba Mais