TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

Geral

João Varella: Comecei em Guaíba meu livro sobre videogames

"Videogame, a evolução da arte" vai do Pong ao Pokémon Go

CELIG - Literatura
Por CELIG - Literatura
João Varella: Comecei em Guaíba meu livro sobre videogames
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Nasci em Guaíba. Mudei de mala e cuia para Curitiba em 2001, com 16 anos. De lá para cá me formei jornalista, trabalhei em redações como repórter, fundei a editora Lote 42 em São Paulo, onde moro desde 2009. Durante essa caminhada, um hobby me acompanhou: jogar videogame.

Meu mais recente livro promove uma discussão sobre a história dos jogos eletrônicos, uma linguagem artística muitas vezes incompreendida, rechaçada, menosprezada. A obra, Videogame, a evolução da arte, reúne ensaios sobre 28 títulos importantes. Dispostos em ordem cronológica, os capítulos vão do pioneiro Pong do início dos anos 1970 até a realidade aumentada dos smartphones apresentada no contemporâneo Pokémon Go.

Leia também: Mais livros, menos fármacos e o poder medicinal da literatura

Leia Também:

O livro foi lançado em fevereiro na Sala Tatuí, que também é a sede da editora Lote 42. Durante o lançamento fiz uma fala sobre os improváveis cruzamentos entre games e política. Fiz isso para mostrar um pouco da influência dessa mídia na vida de todos, mesmo das pessoas que nunca seguraram um joystick. Retrata momentos importantes da trajetória dos games, como a crise de 1983 e a retomada promovida pela Nintendo em 1985 com Super Mario Bros. É magnífico testemunhar e poder desfrutar do desenvolvimento dessa mídia, que começou como uma diversão de bares até chegar a geração de impactos econômicos importantes, como Grand Theft Auto V, o objeto de entretenimento mais rentável da história.

Este é meu quarto livro como escritor e o primeiro puramente de não ficção. Antes dele foram publicados 42 Haicais e 7 Ilustrações, de poesia, A Agenda, romance, e Curitibocas: Diálogos Urbanos, híbrido de ficção e não ficção.

Com projeto gráfico de Gustavo Piqueira e Samia Jacintho, da Casa Rex, Videogame, a evolução da arte conta com três opções de capa -- a mudança ocorre na posição das letras que compõem a palavra “videogame”. Videogame, a evolução da arte consolida minhas experiências com joystick iniciadas em Guaíba, minha terra natal. Minhas andanças de locadora em locadora pelo centro da cidade nos anos 1990 rendeu um livro, quem diria.

Leia também: Não tenha medo de ler, que nos toca e nos transforma 

FICHA TÉCNICA DO LIVRO
Videogame, a evolução da arte
Lote 42
16 x 23 cm
240 páginas
R$ 50,00

* João Varella é fundador da editora Lote 42 e das livrarias Sala Tatuí e Banca Tatuí. Produz eventos do circuito de publicações independentes, como a Feira Miolo(s) (Biblioteca Mário de Andrade), Printa-Feira (Sesc 24 de Maio), entre outros. Jornalista, produziu reportagens para diversos veículos de comunicação, como Folha de S.Paulo, IstoÉ Dinheiro, El Economista América, Gazeta do Povo e R7.

 

Oferecimento:
- Sua casa ainda não tem Fibra Óptica e Wi-Fi? Assine já na RS Internet
- Chopp, hamburgers, sorvetes e mais! Vem pra Caramele Gelato Gourmet
- Anuncie no Guaíba Online e leve sua marca para milhares de leitores

Comentários:
CELIG - Literatura

Publicado por:

CELIG - Literatura

Saiba Mais