TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 25 de Julho de 2024

Geral

Todos nós estamos sujeitos a erros, mas devemos estar dispostos a pedir desculpas

Muitas pessoas guardam o sentimento ruim a sete chaves e, sempre que algo foge do seu controle, acabam exteriorizando tudo isso

Mauro Garcia - Desenvolv. Humano
Por Mauro Garcia - Desenvolv....
Todos nós estamos sujeitos a erros, mas devemos estar dispostos a pedir desculpas
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Geralmente pensamos que somos pessoas boas, que somos queridos e desejados, mas não sei por que as pessoas não se amam mais do que costuma acontecer. Penso que se todos fossemos assim, teríamos um mundo bem diferente. Mas talvez o mundo é do jeito que é, por que nem todo mundo é do jeito que pensa ser.

Leia mais de Mauro Garcia:

- Vivemos em um mundo com recursos limitados: entender que tudo está relacionado é fundamental
- Repensar sobre a sua normalidade é essencial: não é possível ser diferente e normal ao mesmo tempo

Às vezes uma ação rude, uma palavra áspera ou um comportamento frio estão cheio de sentimentos ruins, mas também podem ser passageiros. Muitas pessoas têm a serenidade e principalmente a vontade de pensar no que fizeram ou disseram a alguém, mas outras pessoas não. Guardam esse sentimento ruim a sete chaves e sempre que algo fugir do seu controle, acabam exteriorizando tudo isso de uma maneira muito ruim.

Leia Também:

O ser humano sofre de um problema bem complicado de ser resolvido, por que requer muita força de vontade, já que para resolvê-lo, a pessoa tem que enfrentar ela mesma. Falo do fato de cobrar coisas de outras pessoas como, resultados, atitudes, coragem, força, resiliência, etc. O problema é que nem elas mesmas se empenham em fazer o que cobram dos outros. Cobrar dos outros o que você não tem capacidade de fazer, te torna pequeno, por que se é tão fácil do outro fazer, então por que você não o faz?

Pensar sobre isso já não é uma tarefa fácil, porém, acredito que seja um exercício bem interessante. Ser menos agressivo, taxativo, exigente e ofensivo com as pessoas é algo da parte humana que ainda nos falta. Todos nós estamos sujeitos a erros, mas também devemos estar dispostos a pedir desculpas. Vivemos em um grande arquipélago e seria tão mais fácil se aprendêssemos a conviver respeitando limites, momentos, diferenças e a essência de cada um.

 

Comentários:
Mauro Garcia - Desenvolv. Humano

Publicado por:

Mauro Garcia - Desenvolv. Humano

Saiba Mais