TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

☂️ Tempo e Clima

Chuva volta a elevar o nível do Guaíba e provoca novamente alagamentos

Novos alagamentos já são registrados em Guaíba e em Eldorado do Sul

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Chuva volta a elevar o nível do Guaíba e provoca novamente alagamentos
Julia Ferreira/PMPA
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O nível do Guaíba em Porto Alegre registrou elevação na quarta-feira (19), alcançando 3,12 metros nas primeiras horas da manhã. A medição indica a influência das chuvas recentes na região.

De acordo com previsões, a tendência é de que o nível continue subindo ao longo do dia, com possibilidade de chuvas irregulares a qualquer hora. O cenário de instabilidade deve persistir nos próximos dias no Rio Grande do Sul, com a expectativa de precipitações fortes na faixa entre Caçapava do Sul e a Lagoa dos Patos.

Apesar da elevação, o nível do Guaíba ainda se encontra abaixo das marcas registradas nas enchentes de novembro de 2023 (3,46 metros) e maio de 2024 (mais de 5 metros). A principal preocupação reside nas áreas das Ilhas, onde alagamentos já são observados com cotas acima de 2 metros.

Leia Também:

Outros alagamentos já são registrados em Eldorado do Sul, próximo a rótula da BR-116 e em alguns bairros próximos ao lago. Na cidade de Guaíba, há pontos de alagamentos como a Avenida João Pessoa, conhecida como "beira".

Regiões das Ilhas em alerta

O risco de alagamentos se concentra nas Ilhas, devido à baixa altitude da região. As autoridades orientam os moradores para que se mantenham atentos aos avisos meteorológicos e sigam as instruções de segurança em caso de necessidade.

Previsão para os próximos dias

A instabilidade climática deve persistir no Rio Grande do Sul nos próximos dias, com possibilidade de chuvas fortes em algumas regiões. É importante acompanhar as atualizações da previsão do tempo e tomar as medidas de precaução necessárias.

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

 

Comentários: