Guaíba Online

MENU
Logo
Quinta, 22 de abril de 2021

📚 Educação

Engenharia de Computação da Uergs é a melhor do país, de acordo com avaliação do MEC

Curso ministrado na unidade de Guaíba conquistou o 1º lugar entre os 178 ofertados em todo o país

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para Feedback/h5>
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Engenharia de Computação da Uergs, que é ministrada na unidade de Guaíba, conquistou o 1º lugar entre os 178 cursos ofertados em todo o país, após a consolidação dos dados do Conceito Preliminar de Curso (CPC), divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) nesta quarta-feira (9/12).

Na última edição do Enade, realizada em 2019 e cujo resultado foi divulgado em outubro, estudantes concluintes de Engenharia de Computação na Uergs alcançaram a nota 4, a mais alta entre as demais universidades que oferecem o curso no RS. 

A composição do CPC é baseada em quatro aspectos, considerando o desempenho de estudantes concluintes do curso (Enade) e a percepção sobre sua formação; o desempenho desses estudantes comparado com a média das demais universidades do país (IDD); e a formação docente, incluindo o número de profissionais com mestrado e doutorado.

No curso de Engenharia de Computação da Uergs, todos os professores têm Doutorado. De acordo com a coordenadora do curso, Adriane Parraga, essa qualificação do corpo docente, associada ao estímulo para o desenvolvimento de projetos e aos vínculos criados entre estudantes e professores são os responsáveis pelo sucesso do curso e se refletem na formação profissional dos engenheiros de computação formados pela Uergs.

“Eles estão sempre envolvidos em algum projeto de pesquisa, de extensão ou de monitoria, e isso é um fator importante. A qualidade dessa nota também se reflete na inserção profissional, pois a maioria dos nossos estudantes e egressos está realizando bons estágios e estão bem empregados”, explica Adriane.

O resultado tem sido comemorado pelos estudantes. “É um sentimento de vitória. Sabendo o quanto a nossa unidade sofre com a falta de uma infraestrutura digna, conquistar a maior nota do Estado demonstra o potencial que o nosso curso tem”, diz o engenheiro de computação Victor Antonio Diehl, que realizou o Enade no ano passado.

João Gustavo Amorim também foi um dos estudantes que prestou o Enade em 2019 e atualmente é mestrando em Ciências da Computação na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). “Fico extremamente feliz de contribuir diretamente com este resultado, pois esse curso e a universidade realmente merecem ser amplamente conhecidos como sinônimos de excelência. Ter conseguido ficar entre as melhores do país e ser a melhor Engenharia de Computação do Estado, mesmo estudando dentro de um galpão e com poucos recursos disponíveis, é um marco e está diretamente atribuído à qualidade e dedicação de cada funcionário da nossa unidade”, afirma João Gustavo. 

A qualificação dos professores também foi um fator destacado por estudantes e ex-alunos. 

“A dedicação e competência de todo o corpo docente da Uergs foi fundamental para esse desempenho. Os professores são extremamente competentes e fazem o possível e o impossível para proporcionar um ensino de muita qualidade em uma universidade que, por muitas vezes, carece da atenção do Estado, sempre fomentando a pesquisa e o desenvolvimento científico, assim como incentivando e apoiando o ingresso dos alunos no mercado de trabalho”, afirma o engenheiro de computação Philippe Silveira.

Curso de Engenharia da Computação

O curso de Engenharia de Computação tem o objetivo de formar profissionais com capacidade para projetar, implementar, testar, otimizar e manter sistemas digitais, além de implementar, organizar e gerenciar a produção de sistemas de hardware e software e sua incorporação a produtos e serviços, incluindo sistemas voltados à automação e controle de processos industriais e comerciais, sistemas e dispositivos embarcados, sistemas e equipamentos de telecomunicações e equipamentos de instrumentação eletrônica.

Clique aqui para saber mais sobre o curso.

 

Fonte/Créditos: Daiane de Carvalho Madruga/Ascom Uergs

Créditos (Imagem de capa): Maurício Farias / Divulgação Uergs

Comentários: