TVGO | Guaíba Online

Quinta-feira, 18 de Julho de 2024

👥 Comunidade / Gente

Guaíba abriga cerca de 2.143 pessoas e realiza mutirão de limpeza nos bairros Cohab e Santa Rita

Três carretas com materiais foram distribuídas simultaneamente em três pontos dos bairros

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Guaíba abriga cerca de  2.143 pessoas e realiza mutirão de limpeza nos bairros Cohab e Santa Rita
Divulgação - Lucas Wink
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

Cerca de 2.143 pessoas permanecem abrigadas em Guaíba, conforme a última estimativa das autoridades do município, realizada no domingo (19). Como o número de abrigados diminuiu, a quantidade de abrigos ativos e regulares também reduziu, tendo agora, 59 locais à disposição da população.

No domingo (19), a Prefeitura de Guaíba, juntamente com a Marinha e demais entidades continuaram o mutirão de limpeza nas casas dos bairros Cohab/Santa Rita, iniciado no sábado (18). A ação teve o apoio da Defesa Civil do Estado do Rio Grande do Sul, que forneceu materiais de limpeza arrecadados.

Leia Também:

O Executivo Municipal informou que três carretas com materiais foram distribuídas simultaneamente em três pontos dos bairros. A expectativa é que a ação continue ao longo dessa semana, abrangendo outros bairros afetados.

Foram entregues materiais de limpeza pesada, como água sanitária, detergente, rodos, vassouras, esponjas e luvas. No Centro de Acolhimento Humanitário, estão disponíveis produtos de limpeza, kits de higiene pessoal, roupas e alimentos.

A distribuição dos materiais ocorreu em três locais: nas imediações da Escola Ruy Coelho Gonçalves, próximo ao Mercado Atual na Avenida Lupicínio Rodrigues, e na Avenida Fortaleza, em frente à Igreja Ministério de Deus.

De acordo com a Prefeitura de Guaíba, a Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos também está envolvida na retirada de móveis danificados e entulhos dos bairros Cohab/Santa Rita. Até o final do dia de domingo (19), mais de 1.500 caçambas foram removidas da área.






 

Comentários: