TVGO | Guaíba Online

Domingo, 21 de Julho de 2024

Geral

Isabel Guterres: O ato de ler está presente em nossas vidas, desde quando acordamos

Hábito da leitura deve ser estimulado desde cedo nas crianças

CELIG - Literatura
Por CELIG - Literatura
Isabel Guterres: O ato de ler está presente em nossas vidas, desde quando acordamos
pexels.com
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A leitura é o encontro do leitor com um conjunto de informações ou determinado acontecimento. Através desta conexão, as pessoas conseguem compreender a mensagem transmitida.

O ato de ler está presente em nossas vidas, no cotidiano, desde quando acordamos pela manhã. Já iniciamos a leitura de várias formas e cores, através das situações mais corriqueiras, como pegar um ônibus e observar seu itinerário, preparar uma deliciosa receita ou ainda ler uma bula de remédio.

Leia também: Mais livros, menos fármacos e o poder medicinal da literatura

Leia Também:

A leitura nos traz informações necessárias para podermos compreender o que significa, e com isso, aprimoramos nossos conhecimentos, estimulando nossa imaginação, enriquecendo nosso vocabulário, ativando o funcionamento do cérebro, organizando as ideias, provocando o senso crítico, estimulando a criatividade, nos tornando pessoas com mais empatia e informações necessárias para estarmos sempre nos atualizando sobre os mais diversos assuntos.

As possibilidades de leitura são amplas e envolvem várias situações, desde a pessoa que a transmitiu até a que está realizando a simbolização e representação do mundo.

A leitura deverá ser estimulada desde cedo, e com isso, a criança além de desenvolver o hábito, terá a capacidade de compreender com mais facilidade, a interpretação dinamizando o raciocínio e proporcionando uma bagagem de informações indispensáveis para seu crescimento e desenvolvimento humano.

É muito importante a escolha do tipo de leitura. Devemos optar pela que mais nos agrada, desta forma, ao praticarmos estaremos reduzindo o cansaço mental, estimulando reflexões e nos tornando mais questionadores diante das situações do mundo. O mais interessante da leitura é que durante seu processo, os adultos podem virar crianças e as crianças podem navegar pelo mundo dos adultos.

Leia também: Como tornar a compra do material escolar em um momento de aprendizagem

É muito libertador poder ler um livro e sentir que podemos adentrar a história vivenciando aquele momento, sentindo o prazer sabendo que aprendemos algo que alguém de uma certa forma se importou em transmitir.

 

*Isabel Guterres é professora aposentada e escritora. Autora do livro “A princesa e a pedra da luz”, ensaia o lançamento do segundo volume da trilogia ainda para esse ano.

 

Oferecimento:
- Sua casa ainda não tem Fibra Óptica e Wi-Fi? Assine já na RS Internet
- Rancho e cestas básicas é na Super Sacola Econômica
- Anuncie no Guaíba Online e leve sua marca para milhares de leitores

Comentários:
CELIG - Literatura

Publicado por:

CELIG - Literatura

Saiba Mais