TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

🚔 Segurança e Polícia

Após ameaças durante júri, GAECO/MPRS realiza operação em seis cidades do RS

Foram emitidos oito mandados de prisão preventiva e 17 de busca e apreensão

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Após ameaças durante júri, GAECO/MPRS realiza operação em seis cidades do RS
Divulgação / MPRS
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público do Rio Grande do Sul (GAECO/MPRS) conduziu, na manhã da quarta-feira (29), a Operação Plenário em seis cidades do estado. A operação visou desarticular um grupo criminoso envolvido em ameaças durante um julgamento em Erechim.

Foram emitidos oito mandados de prisão preventiva e 17 de busca e apreensão em Erechim, Passo Fundo, Caxias do Sul, Porto Alegre, Charqueadas e Alvorada. No total, 19 suspeitos estão sob investigação. A organização é associada a homicídios, intimidações, tráfico de drogas e armas, e roubos.

"O GAECO agirá com determinação contra qualquer ameaça a agentes públicos, especialmente promotores e magistrados, para restabelecer a ordem pública," afirmou o coordenador do GAECO, promotor André Dal Molin.

Leia Também:

A investigação começou após um membro do grupo ameaçar um juiz e um promotor durante um julgamento. O promotor Diego Pessi, coordenador do 7° Núcleo Regional do GAECO – Planalto, liderou a apuração que identificou quatro núcleos distintos dentro do grupo criminoso. Com a investigação concluída, foram autorizadas as prisões e apreensões, além de medidas cautelares como bloqueio de contas bancárias e sequestro de bens dos suspeitos.

A operação contou com o apoio da Brigada Militar e do GAECO de Santa Catarina. Além de Diego Pessi, participaram os promotores Guilherme Martins, Cristiano Ledur, Maristela Schneider e Manoel Antunes.

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações do Ministério Público do RS
Comentários: