TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

🎨 Cultura e Arte

Justiça condena Glória Pires a pagar indenização em mais de R$ 500 mil a ex-funcionária

Denise de Oliveira alega acidente de trabalho e falta de estabilidade após retorno do INSS

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Justiça condena Glória Pires a pagar indenização em mais de R$ 500 mil a ex-funcionária
Reprodução - Redes sociais
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

A atriz Glória Pires foi condenada a pagar R$ 559.877,36 à sua ex-funcionária, Denise de Oliveira, como indenização. Denise alegou que sofreu um acidente em fevereiro de 2020 na residência da atriz, quando uma gaveta do congelador caiu sobre seu braço esquerdo, resultando em contusões.

Após o acidente, Denise foi afastada pelo INSS até setembro de 2021. Quando retornou ao trabalho, foi dispensada sem justa causa em dezembro. A defesa de Denise argumentou que ela tinha direito a 12 meses de estabilidade no emprego devido ao acidente, mas que isso não foi respeitado.

Durante o processo, Glória Pires ofereceu um acordo no valor de R$ 35 mil, que foi recusado por Denise. A Justiça determinou a indenização de R$ 559.877,36, valor que ainda pode ser contestado pela atriz.

Leia Também:

Os advogados de Denise também solicitaram danos morais, mas o juiz indeferiu o pedido, argumentando que não houve comprovação de episódios vexatórios ou humilhantes. Além disso, o juiz considerou contraditório e improcedente o pedido de estabilidade, pois, segundo ele, as provas indicavam que o acidente ocorreu fora do horário de trabalho, invalidando o Registro de Comunicação de Acidente de Trabalho (CAT).

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações da coluna de Daniel Nascimento - Jornal O Dia
Comentários: