TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 12 de Julho de 2024

☂️ Tempo e Clima

Guaíba atinge 3,41m e semana começa com chuva em boa parte do RS

No domingo, algumas cidades gaúchas registraram estragos devido a queda de granizo

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Guaíba atinge 3,41m e semana começa com chuva em boa parte do RS
Pedro Piegas / PMPA
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

O nível do Guaíba subiu na segunda-feira (24) em Porto Alegre, alcançando 3,41 metros, segundo medição da Agência Nacional das Águas (ANA) no início da manhã. O valor se aproxima da cota de inundação, que é de 3,60 metros.

A previsão para o Rio Grande do Sul nesta semana indica a presença de chuva e frio em grande parte do estado. O dia de hoje começou com chuva na região central e norte, com precipitação se concentrando no norte gaúcho, próximo à divisa com Santa Catarina.

Na faixa central do estado, incluindo a capital Porto Alegre, a chuva deve parar após o início do dia, com gradual melhora do tempo. No oeste e sul do RS, a nebulosidade diminui e o sol deve predominar.

Leia Também:

Queda de granizo

No final da noite de domingo (23) e começo da madrugada da segunda-feira (24), temporais e queda de granizo provocaram danos em pelo menos quatro cidades do Rio Grande do Sul. Segundo a MetSul Meteorologia, esses fenômenos resultam do avanço de uma frente fria que, ao encontrar ar mais quente, desencadeia tempestades.

A região Centro-Serra, especialmente o município de Arroio do Tigre, foi fortemente afetada, registrando granizo do tamanho de ovos e muitos prejuízos nos telhados de residências. No Norte da Grande Porto Alegre, uma tempestade com granizo atingiu Campo Bom no início da noite.

Outras áreas também sofreram com o granizo, incluindo Bento Gonçalves, que enfrentou ventania, chuva intensa e alagamentos. O Vale do Taquari e a região da Serra Gaúcha também registraram tempestades.

O risco de novos temporais persiste no início da semana, especialmente nas regiões Norte e Nordeste do estado.

 

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

 

Comentários: