TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

📚 Educação

Kits escolares são entregues para alunos de Guaíba através do programa Fibra do Bem

Esta é a primeira ação oficial do Instituto CMPC, que se dedica a iniciativas de responsabilidade social.

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Kits escolares são entregues para alunos de Guaíba através do programa Fibra do Bem
Divulgação / Luis Adriano Madruga
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Imagens

O Instituto CMPC iniciou a entrega de kits escolares para estudantes da rede de ensino de Guaíba como parte do programa Fibra do Bem, destinado a apoiar comunidades afetadas pelas enchentes no Rio Grande do Sul. Em cerimônia realizada na terça-feira (18), foram entregues 60 kits contendo mochila, caderno, lápis de cor, caneta, borracha, tesoura, cola, estojo, caderno de desenho, jogos e brinquedos aos alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Darcy Berbigier. Esta é a primeira ação oficial do Instituto CMPC, que se dedica a iniciativas de responsabilidade social.

O evento contou com a participação de executivos chilenos, incluindo Luis Felipe Gazitúa, presidente do Conselho das Empresas CMPC, Francisco Ruiz-Tagle, CEO do Grupo, Antonio Lacerda, diretor-geral da unidade de Guaíba, e Marcelo Maranata, prefeito de Guaíba. A cerimônia reuniu aproximadamente 100 pessoas, entre autoridades municipais, professores, alunos, colaboradores da empresa e voluntários.

De acordo com comunicado da empresa, ao todo, a CMPC planeja doar mil mochilas para estudantes de Guaíba como parte do programa Fibra do Bem, que já realizou diversas ações para ajudar as vítimas das enchentes na região. Desde o início da crise, a empresa afirma que tem colaborado com resgates utilizando equipamentos como caminhões, retroescavadeiras e um helicóptero em várias localidades da região metropolitana.

Leia Também:

Além dos kits escolares, a CMPC também contribuiu com 100 mil kits de higiene e limpeza, 5 mil cestas básicas, 1 mil colchões para abrigos municipais e dezenas de banheiros químicos. Adicionalmente, disponibilizou o terminal portuário na unidade industrial de Guaíba para o transporte de oxigênio a hospitais em Porto Alegre e de suprimentos para equipes do governo estadual.

"A empresa mantém um compromisso especial com as comunidades próximas às nossas operações, especialmente em Guaíba, onde estamos há 15 anos", afirmou Antônio Lacerda, diretor-geral da unidade de Guaíba da CMPC. "A distribuição desses materiais aos estudantes é uma maneira de promover valor compartilhado e contribuir para o desenvolvimento local, oferecendo às crianças oportunidades futuras para se tornarem colaboradoras da CMPC", concluiu.

 

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

Comentários: