TVGO | Guaíba Online

Domingo, 21 de Julho de 2024

🏘️ Cidades do RS

Governo do RS propõe projeto que prevê auxílio de R$ 450 para quem adotar um pet

Projeto de adoção de animais resgatados das enchentes foi encaminhado para a Assembleia Legislativa

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Governo do RS propõe projeto que prevê auxílio de R$ 450 para quem adotar um pet
Julio Ferreira / PMPA
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Visando auxiliar na doação de animais afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul, o governo do estado desenvolveu um projeto que oferece um incentivo financeiro de R$ 450 para quem adotar um dos animais resgatados. A proposta, elaborada pelo Gabinete de Projetos Especiais do Vice-governador e pela Secretaria do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema), será encaminhada à Assembleia Legislativa do Estado nesta semana.

O objetivo do auxílio é ajudar nas despesas iniciais com o bem-estar do animal adotado. Cada pessoa poderá adotar até dois animais, recebendo R$ 450 por pet, divididos em duas parcelas. A primeira parcela será paga após a adoção, enquanto a segunda dependerá da comprovação do bem-estar do animal, mediante acompanhamento.

"Todos os animais disponíveis para adoção já estão castrados e microchipados, fruto de uma parceria com hospitais veterinários universitários, o Ministério Público do Rio Grande do Sul e o Grupo de Resposta a Animais em Desastres (Grad)", destaca o governo em nota oficial.

Leia Também:

O projeto prevê um investimento total de R$ 6,8 milhões para auxiliar na doação dos animais. Segundo dados da Sema, atualmente, 15.259 animais estão abrigados em 353 locais do estado, sendo 5.335 em Canoas e 4.223 em Porto Alegre.

"O nosso objetivo é que todos esses animais encontrem um lar, mas sabemos que nem todos têm condições de arcar com os custos iniciais. Por isso, vamos encaminhar este projeto à Assembleia Legislativa para que possamos oferecer um incentivo financeiro, viabilizando as adoções e garantindo um lar definitivo para os animais resgatados", ressalta o governador Eduardo Leite.

Ação visa reduzir o número de animais em abrigos e garantir seu bem-estar

A iniciativa busca reduzir o número de animais em abrigos superlotados e garantir que eles encontrem um lar seguro e acolhedor. O projeto também visa conscientizar a população sobre a importância da adoção responsável e da posse de animais de estimação.

 

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

 

Comentários: