TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

🏥 Saúde

Surto de sarna em Balneário Camboriú: possível ligação com uso de ivermectina

Aulas na cidade tiveram que ser canceladas devido ao aumento no número de casos

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Surto de sarna em Balneário Camboriú: possível ligação com uso de ivermectina
Imagem ilustrativa
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Um surto de escabiose, popularmente conhecida como sarna, foi identificado em Balneário Camboriú, levando à suspensão temporária das aulas em duas creches para permitir a higienização dos locais afetados. Especialistas sugerem que o aumento de casos pode estar relacionado ao uso excessivo de ivermectina durante a pandemia de Covid-19, um medicamento frequentemente incluído em kits de tratamento. A possibilidade de que esse uso indiscriminado tenha contribuído para uma resistência aumentada do ácaro Sarcoptes scabiei está sendo investigada.

A Universidade Federal de Alagoas (UFAL) destacou que o uso prolongado e desnecessário de ivermectina pode tornar o parasita mais resistente, o que dificulta o controle de surtos. Apesar de a Superintendência de Vigilância em Saúde de Santa Catarina não confirmar essa conexão de forma direta, reconhece a plausibilidade da hipótese e está colaborando com as investigações.

Os sintomas da escabiose incluem coceira intensa e erupções cutâneas, sendo a transmissão da doença facilitada pelo contato próximo entre pessoas e pelo compartilhamento de roupas e objetos pessoais. Autoridades de saúde local estão enfatizando a importância de medidas preventivas e de higiene para conter a disseminação da doença.

Leia Também:

A Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú aconselha a população a procurar atendimento médico ao apresentar sintomas, reforçando a necessidade de cuidados adequados para evitar novos casos. As autoridades continuam monitorando de perto a situação e alertando sobre os riscos associados ao uso não supervisionado de medicamentos.

Você pode gostar de ler também as seguintes notícias:

 

 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações do Portal de Notícias Porto Alegre 24 horas
Comentários: