TVGO | Guaíba Online

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024

🇧🇷 Brasil

Chuvas em Santa Catarina obrigam 925 pessoas a abandonar casas

Ao menos 24 cidades do estado vizinho tiveram transtornos registrados

Redação TVGO
Por Redação TVGO
Chuvas em Santa Catarina obrigam 925 pessoas a abandonar casas
Divulgação - Defesa Civil de Santa Catarina
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

As recentes precipitações em Santa Catarina impactaram diversas localidades do estado, afetando pelo menos 24 cidades. Os registros apontam que, até domingo à tarde, 771 pessoas foram deslocadas devido às inundações e deslizamentos. Esse número aumenta para 925 se considerarmos os afetados pelas chuvas em São João do Sul entre os dias 11 e 13 de maio.

Rio do Sul, localizada no Vale do Itajaí, foi uma das cidades mais atingidas, contabilizando 483 desabrigados até o último relatório. O aumento no nível do Rio Itajaí Açu levou a transbordamentos e inundações em alguns bairros, além de pontos de alagamento.

Leia Também:

De acordo com a Defesa Civil de Rio do Sul, o volume de chuvas foi o mais alto desde julho de 2016, quando um sensor foi instalado para monitorar os níveis do rio e a precipitação pluviométrica. A situação levou a prefeitura a declarar estado de emergência.

Outras sete cidades catarinenses também declararam emergência devido aos estragos causados pelas chuvas. São elas Araranguá, Balneário Gaivota, Jacinto Machado, Maracajá, Passo de Torres, São João do Sul e Sombrio.

No domingo, as chuvas começaram a diminuir gradualmente nas áreas mais afetadas, embora uma massa de ar frio tenha mantido as temperaturas baixas em grande parte do estado. A previsão é de estabilização a partir de segunda-feira (20), com uma leve elevação nas temperaturas à tarde. No entanto, existe um risco moderado de ocorrências relacionadas à agitação marítima, especialmente no litoral sul e na Grande Florianópolis, com possíveis rajadas de vento de até 50 km/h.

Na terça-feira (21), uma nova frente fria é esperada para atingir o Rio Grande do Sul, podendo trazer pancadas de chuva, principalmente na região Grande Oeste, próxima à divisa com Santa Catarina.







 

FONTE/CRÉDITOS: Contém informações da Agência Brasil
Comentários: